quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Policiais do 9ªBPM prende acusado de quebrar albergue que se escondia em Barra de Santa Rosa/PB

A guarnição da Patrulha Rural 2,   pertencente   ao   9º   Batalhão   de   Polícia   Militar, conseguiu recapturar, na manhã desta quinta-feira, 19, na cidade de Barra de Santa Rosa-PB, o senhor Josélio Francisco da Silva, 26 anos, que residia no Conjunto Novo e era fugitivo da cadeia pública da cidade de Remígio. 

O mesmo foi localizado pela guarnição policial graças a uma denúncia anônima e, após ser questionado pelos militares, confessou ter “quebrado” o albergue naquela unidade carcerária e disse que responde pelo art. 157 do Código Penal Brasileiro: “Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência à pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência: Pena - reclusão, de quatro a dez anos, e multa”. 

É muito comum presos quebrarem o albergue e não ser comunicado ao judiciário em tempo hábil, demorando as vezes meses para essa comunicação, com isso alguns comentem crimes que nunca são colocados em sua conta, pois para a maioria da polícia, eles deveriam está trancados.

Relembre o caso:
Na noite de ontem, por ocasião do plantão extra, foi lavrado o flagrante de JOSÉLIO FRANCISCO DA SILVA, conhecido por “”, brasileiro, união estável, agricultor, nascido aos 23/01/1989, naturalde Remígio/PB, 22 anos de idade, filho de José Francisco da Silva e de Marinalva Pedro da Silva, residente no Assentamento Queimadas, zona rural do município de Remígio, acusado de roubo. O indiciado já era procurado pela polícia civil da Comarca, acusado de diversos furtos e roubos na cidade e na zona rural.

A senhora Isabel C. B. de B. comunicou que foi abordada pelo indivíduo conhecido por , que utilizou de força física para furtar sua bolsa, em que continha cartões de crédito e documentos pessoais, além da quantia de R$350,00(trezentos e cinquenta reais), em espécie. O fato ocorreu na Rua do Colégio Estadual José Bronzeado, no Centro do município. Policiais militares que atenderam à ocorrência lograram êxito na captura do criminoso, ainda na posse dos objetos e de parte do valor roubado.

O modus operandi do indiciado era sempre o mesmo, com investidas contra mulheres, idosos e adolescentes, sempre utilizando a força.

O acusado encontra-se preso, recolhido à Cadeia Pública da Comarca, onde aguarda o chamamento da Justiça, por infração ao disposto no artigo 157 do Código Penal, podendo pegar de quatro a dez anos de cadeia.

Com mais essa prisão realizada, a Polícia Civil de Remígio espera dar um pouco mais de tranquilidade à população do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.