segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Virou moda desmascarar evangélicas com vida dupla. Mais uma evangélica safadinha cai na web.



image151
Tem gente que é crente que os outros são besta!! Mas esses quando são desmascarados, fica tão feio, que dá uma pena. A pessoa simplesmente vive em uma igreja dando lições de moral, mas aí, quando sai do culto, vai direto para o cabaré se vender. Assim foi o caso da “irmã”Joana. De noite é crente e na madruga é….?? O blog não obteve informação sobre onde mora a irmã Joana.
image17-768x10241
image141
A Assembleia de Deus decidiu expulsar a irmã Joana Almeida após descobrir que a loira fatal faz programas sexuais durante o dia e assim que sai do templo no período da noite.
Desempregada, a loira fatal foi colocada no caminho das trevas por uma amiga que mostrou como ganhava dinheiro fácil. Bastava que Joana colocasse no seu Instagram e face fotos sensuais ou peladas para atrair a atenção e desejo dos tarados.







Existem fortes indícios de que os programas começaram a rolar com irmãos da própria igreja e até com menores de idade.
Com o corpo escultural, a loira fatal faz sucessos entre os homens. Mas como ainda faz início de carreira na prostituição, seu cachê e considerado barato, mas ultimamente ele teria aumentando os valores para boquetes e anal. A loira mora na cidade Gaúcha de Lajeado Novo.

ca13d144a8912a6fe49cdacca4844503-768x1024
 A Assembleia de Deus decidiu expulsar a irmã Joana Almeida após descobrir que a loira fatal faz programas sexuais durante o dia e assim que sai do templo no período da noite.




obs. A maioria das fotos dela encontra-se bloqueadas para os não-amigos do face.

4 comentários:

Sidney Dantas disse...

Kkkk

Anônimo disse...

Isso é uma rapariga né crente não uma bixa dessa eu queria ver ela se envolver com o meu marido aí ela ia se ferra

Anônimo disse...

Isso é uma rapariga né crente não uma bixa dessa eu queria ver ela se envolver com o meu marido aí ela ia se ferra

Unknown disse...

Um quero agenda um horario irmã

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.