quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Casal de Nova Floresta/PB é preso em Parelhas conduzindo 300 gramas de Crack no forro da porta do carro.



A polícia militar de Parelhas prendeu na manhã desta quinta-feira, 14 de janeiro, um casal que transportava cerca de 300 gramas de crack.  A prisão aconteceu durante abordagem de rotina na RN 086, a um veículo modelo TUCSON HYUNDAI de placas NVM7289, Moreno-PE. Dentro foi encontrado no forro de uma das portas um pacote com cerca de 330 gramas de crack.

José Marconi Santos da Silva, 26 anos, mas conhecido por Marcone de Zé Cearense (ex-presidiário) e Marcilene dos Santos Silva, 31 anos, ambos naturais de Nova Floresta-PB, foram conduzidos à delegacia de policia civil da cidade de Parelhas para os procedimentos de praxe.

A polícia militar continuará a intensificar os trabalhos na cidade para garantir a paz e a tranquilidade da população parelhense e visitantes.



Marcone já havia sido preso entre as cidades de Cuité e Baraúna, onde o mesmo junto com um parceiro realizava assaltos a motos no final das tardes. Também é o indivíduo que possuía uma certa regalia na cadeia na época, quando foi realizado uma revista e tinha na cama dele, um vídeo game PlayStation. A família de Marcone já possui alguns problemas com a justiça, tendo o seu irmão também já sido preso.



Reveja a matéria. "Dupla que aterrorizava a zona rural"  <aqui>

Reveja a cama do detento com vídeo Game, "Operação Mãe Joana" <aqui>

Obs. Atendendo ao Pedido do internauta que comentou..... A família aqui que se fala é "célula familiar" composta de pais e filhos, ou seja, os filhos que comentem crimes... E não a primos, tios, sobrinhos, avós, tataravós. 
Reveja seus conceitos de família.

Um comentário:

  1. A família dele é muito grande para vocês postarem que a família dele tem problemas com a justiça, vamos preta bem atenção o que vocês estão publicando pois nessa família tem muitas pessoas trabalhadoras e Honestas.

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.