sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Líder de quadrilha morre após confronto com a polícia no brejo da Paraíba


Vida Loka - Vida de Bandido


Na manhã desta sexta-feira (19/02), no Assentamento Manuel Joaquim, no Engenho Vaca Brava no município de Areia, no Brejo da Paraíba, uma operação envolvendo a  Policiais Civil, Grupo Tático Especial, Núcleo de Homicídios, com o apoio da Polícia Militar do 10º Batalhão de Polícia Militar, resultou após intensa troca de tiros na morte de dois integrantes do bando de Bacuri.

Segundo Agentes da Civil de Alagoa Nova e da Delegacia Seccional de Esperança, informações de populares deram conta do paradeiro de integrantes do bando que estariam escondidos em uma residência no Assentamento Manuel Joaquim.

Os delegados Jorge Luís e Henry Fábio, montaram uma operação que teve inicio as 3h:00min da madrugada de hoje e antes das 7h:00min foi concluída. Na casa havia três bandidos, que entraram em confronto com as policias, dois dele acabaram mortos, sendo: Tiago Sebastião da Silva, de 19 anos, morador de Alagoa Nova e José Adaílton Lúcio da Costa, 29 anos, conhecido como “Tana” ou “Bacuri”, morador do sítio Bacupari, também em Alagoa Nova.  Esse último que era apontado como o líder da quadrilha. Um terceiro bandido empreendeu fuga e as policias perderam o paradeiro, mas informaram que ele está ferido. Embora tivessem sido socorridos pela própria polícia e trazidos ao Hospital Municipal Sofia de Castro, não resistiram e vieram a óbito.



Com a morte de “Tana” ou “Bacuri”, o bando deverá se enfraquecer. Porém as investigações continuarão visto que muitos integrantes ainda estão à solta. Ao bando são atribuídos pelo menos quinze homicídios e a Bacupari oito mandados de prisão.

A quadrilha de “Tana ou Bacuri” há vários anos estava aterrorizando os municípios de Alagoa Nova, Areia, Remígio, Matinhas e São Sebastião de Lagoa de Roça. Atuavam com bastante violência e entre os crimes cometidos pela quadrilha estão, homicídios, roubos, assaltos, arrombamentos, espancamentos e porte ilegal de armas. 

4 comentários:

  1. Parabéns a todos que arriscaram suas vidas para prenderem esses bandidos e também aos populares que tiveram a coragem de denunciá-los. Já vão tarde.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns a todos os envolvidos nessa operação. Limpezas como essas são sempre excelentes, pois a grande maioria que se envolve no crime, não quer e nem tem conserto. Eles mesmos já escolheram o que querem para a vida deles, matar e aterrorizar as pessoas de bem, e só param de fazer isso se deixarem de existir, pois eles não temem e já sabem que a Justiça (O judiciário) está um lixo e uma bagunça total. Os policiais se empenham tanto e arriscam a vida para prender os bandidos e a Justiça soltar na semana seguinte. Mais uma vez, parabéns pela operação.

    ResponderExcluir
  3. meu Deus eu moro no sitio e tinha muito medo dele fazer algum mal a minha familia

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.