sexta-feira, 8 de abril de 2016

Homem é preso após utilizar ofertas de emprego para estuprar mulheres na Grande Natal


Geraldo Marcos de Lima Vasconcelos, de 43 anos, tinha diversos currículos na residência onde foi detido por Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher de Parnamirim (Deam) prenderam, nessa quinta-feira (7) Geraldo Marcos de Lima Vasconcelos, de 43 anos, suspeito de estupro.

A prisão foi realizada na casa de Geraldo, localizada na cidade de Parnamirim, através da denúncia de uma jovem de 19 anos, que afirma ter sido estuprada pelo suspeito na última semana.

Segundo a delegada da Deam de Parnamirim responsável pelas investigações Paoulla Benevides, Geraldo se passava por proprietário de loja, buscando currículos na internet, na procura de vítima para a realização de suposta entrevista de emprego, quando entrava em contato com a selecionada, se encontrava com a mesma, e a conduzia para a sua casa.

“A vítima realizou a denúncia na Deam Zona Norte, alegando que foi estuprada por Geraldo. Em depoimento, ela afirma que estava à procura do seu primeiro emprego e deixou seu currículo em uma rede de classificados na internet, onde foi contatada por um suposto dono de loja de um Shopping de Natal para uma entrevista de emprego, sendo este o suspeito Geraldo Vasconcelos. Foram dois encontros com ele na mesma semana, sendo o primeiro com o acompanhamento de seu marido, e o segundo desacompanhada. Neste último, Geraldo a conduziu para uma suposta fábrica de sua loja, onde ela conheceria a gerente e participaria da seleção. No entanto, o suspeito a levou para a sua casa, trancou a porta e a obrigou a manter relações sexuais com ele, chamando um táxi logo em seguida para a volta da vítima para casa”, detalha a delegada da Deam.

Na residência de Geraldo, a polícia encontrou diversos currículos de jovens mulheres em busca de emprego, que segundo a delegada, podem ser possíveis vítimas de estupro. Segundo investigações, Geraldo teria cometido o estupro durante o expediente de trabalho da esposa, com quem morava em residência, sendo esse o local de outros possíveis estupros, seguindo o mesmo Modus Operandi.

“A gente crê que se for estampada uma foto dele na imprensa, mais vítimas vão aparecer certamente, pois o Modus Operandi era um só. Ele afirmou para a vítima que só selecionava homens, e que ela seria uma exceção, entretanto foram encontrados diversos currículos de mulheres com ele”, conclui a delegada Paoulla Benevides.

Caso alguém reconheça ou tenha maiores informações sobre o suspeito, pode fazer a denúncia através do telefone da Deam Parnamirim (84) 3644-6407.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.