sábado, 2 de abril de 2016

Justiça determinou a exumação do corpo do PM que morreu em treinamento na Paraíba e investigação completa sobre os motivos da morte.


Para o judiciário não está claro a morte do policial após passar mal devido a suposta acusação de "insuficiência renal" após uma corrida de 4km como foi veiculado na mídia.

O cabo da PM Heide Carlos Gomes, passou mal ao final de uma suposta corrida no treino do GATE, e veio a ser socorrido para o hospital e em seguida falecer. Para a justiça algo a mais pode ter ocorrido e pediu a exumação do corpo e que a Delegacia de Homicídios investigue o caso para poder resguardar a vida dos demais integrantes.

Nas redes sociais, muitos falaram que o Cabo tinha bom preparo físico, outros defenderam que estes cursos fossem rígido mesmo, de levar o corpo ao extremo.

  • aquino63Todos os militares que almejam fazer parte de um grupo especial, sabe como é o curso preparatório, ninguém entra para o BOPE, GATE ou CHOQUE achando que vai ser moleza. Um policial para fazer parte de um destes grupos tem que ser preparado física, psicológica e emocionalmente. É lamentável perder um guerreiro.
  • daniel.franca.7773Conheço ele muito meu amigo ele poderia correr até o Ceará ele tinha uma preparação física muito boa

  • thaysinha.gomesTem que ser revisto a forma de como é feito os cursos militares. Ele não é o primeiro e com ctz não será o último. O treinamento deve ser de fato muito pesado! Lamentável... Que Deus conforte a família. Três filhos lindos e esposa ele deixou prematuramente.
  • fabiocruz7Eu vi os caras correndo num Sol de meio dia na acesso oeste com uma pedra gigante nas costas, vendo a hora sofrer uma lesão na coluna. Isso num curso de choque. Agora me digam uma coisa: Pra quê aquilo? O policial do choque vai viver carregando uma pedra gigante no seu dia a dia?
  • freitasprFazia hemodialise e ainda foi fazer este curso e ser submstido a um esforço danado? Oxe! Deveria ja estar "encostado", na reserva. Enfim....
  • helena_saviolliEsse negócio de trote tem que parar. E investiga que tipo de trote foi feito

MORRE POLICIAL QUE PASSOU MAL DURANTE TREINAMENTO - O Cabo Heide Carlos Gomes, que passou mal durante um treinamento do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) na tarde desta segunda-feira (28), não resistiu e morreu na noite desta terça (29). Segundo o major Ferreira, comandante do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar, um grupo formado por 50 alunos iniciou o curso. A vítima e mais dois policiais apresentaram desconforto após uma corrida e foram socorridos para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. "Estamos supondo que eles podem ter se desidratado por causa do calor. Os policiais completaram a corrida, foram para o GATE e apagaram. De imediato foram socorridos", explicou o major à TV Tambaú.

Dois militares receberam atendimento e foram liberados, enquanto o cabo não resistiu.

O local do velório será informado em breve. A PM informou que vai enviar nota à imprensa para comentar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.