quinta-feira, 7 de abril de 2016

Latrocínio foi registrado em Algodão de Jandaíra/PB, no Agreste paraibano

Um senhor conhecido por ‘Vavá de Coelho’ se preparava para se ir à feira de Barra de Santa Rosa, quando foi atacado por dois bandidos armados

Por volta das 4:20 da manhã desta quinta-feira (07), ocorreu um latrocínio (roubo seguido de morte), na cidade de Algodão de Jandaíra, município localizado no Agreste Paraibano.

Tudo ocorreu em na Rua José Vicente Ferreira de Lima, em Algodão de Jandaíra.

O comerciante Lourival José da Costa, de 64 anos, reagiu a um assalto e foi morto com um tiro de espingarda calibre “12” nas costas .
Já o genro dele, Josevandro dos Santos, de 27, acabou ferido com um tiro de revólver na perna.

Os dois foram socorridos para a UPA de Remígio, porém Lourival não resistiu e Josevandro foi transferido para o Trauma de Campina Grande.

COMO FOI
Costumeiramente todas as quintas-feiras “seu vavá”, como era conhecido José Vicente, acordava cedo e junto com o genro se dirigia para a “feira de bode” em Barra de Santa Rosa.
Nesta madrugada ele foi surpreendido com dois homens armados já com o genro dele sob a mira de armas.

Antes os ladrões chegaram a arrebentar um portão de ferro, nos fundos da casa, e em seguida quebraram a porta da cozinha. "Seu vavá” reagiu a ação dos bandidos e ouve luta corporal.

O comerciante foi morto e o genro dele saiu ferido.
Os ladrões teriam levado entre “2.000,00 e 3.000,00 reais”, porém a familiares não confirmaram isto.

Já é de longa data não existir policiais na cidade 24 horas, segundo moradores, na maioria das vezes eles passam um ou dois dias na cidade, isso quando não é apenas uma ronda realizada por patrulhas da cidade de Esperança. Já houve casos de bandidos passarem horas tentando arrombar a casa lotérica com a funcionária dentro e ninguém chegar para ajudar. Apesar da cidade existir um posto policial com tudo que é necessário para eles ficarem.

2 comentários:

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.