domingo, 1 de maio de 2016

População vai as ruas para pedir a volta do Delegado Durval Barros a frente das delegacias de Cuité e Nova Floresta/PB

Delegado Durval BarrosA população de Cuité (227 Km de João Pessoa) está em pé de guerra, depois que o governador Ricardo Coutinho decidiu exonerar o delegado Durval Barros, a pedido do deputado *****. Segundo se comenta na região, o delegado está sendo afastado por ter se deixado fotografar ao lado do deputado Pedro Cunha Lima, durante uma festa de aniversário.
Nas últimas horas, moradores postaram mensagens em redes sociais, defendendo a permanência do delegado que está há quatro anos na cidade. Para muitos, Durval é um profissional dedicado e tem atuado com afinco para tentar conter a criminalidade na região (Nova Floresta, Cuité e Sossego), apesar das condições de trabalho precárias.
Os moradores prometem ocupar as feiras e demais locais públicos, com faixas e cartazes, carros de som para protestar contra o afastamento do delegado.

Perseguição – Não é primeiro caso de afastamento de um delegado por perseguição política no atual Governo. Há alguns meses, o delegado Danilo Orengo foi retirado da frente da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande por apoiar uma chapa de oposição a Associação dos Delegados e em seguida lançou seu nome a candidato em Campina Grande, o mesmo caso ocorreu com o  delegado Walber Virgulino que foi afastado da Delegacia Seccional de Guarabira, por ter apoiado uma chapa de oposição na disputa pela Associação dos Delegados. A ironia foi o fato de Walber estar sendo requisitado pelo governador Robinson Faria para assumir uma secretária de Estado no Rio Grande do Norte.
fonte: http://www.heldermoura.com.br/virou-moda-governo-afasta-delegado-por-perseguicao-politica-e-populacao-decide-ir-as-ruas-protestar/ 



Um comentário:

  1. Não sabia! O delegado precisa perguntar ao deputado se pousa ou não ao lado de outra pessoas para tirar uma foto?

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.