terça-feira, 4 de outubro de 2016

Reflexão de um policial diante da morte de um colega.

Indignação! Esta é a palavra que todos nós, pessoas de bem, policiais ou não, deveríamos estar sentido hoje, pois foi por esta mesma indignação que o policial Marcos morreu.

Marcos morreu, verdadeiramente, por causa de você, cidadão de bem, que clama por uma cidade mais segura, um bairro mais calmo, uma rua mais silenciosa, por uma ida ao mercado sem ser incomodado.

Marcos, personagem desconhecida, morreu por uma sociedade que ele também não conhecia.

Marcos morreu por ter feito mais do que devia, por ter decidido ser polícia 24 horas por dia, por ter levado a profissão para casa e não desgrudar dela um só instante.

Marcos morreu porque se indignava com a insegurança, por querer que Nós vivêssemos uma sensação de paz.

Marcos morreu, pasmem, pelo fato de seu trabalho policial estar atrapalhando a bandidagem, por ser uma "pedra no caminho" do crime organizado.

Que a indignação de Marcos, seja a mesma da nossa sociedade na morte do Estado, para que essa falta de indignação não façam outros Marcos morrerem, estando vivos, Brasil a fora.

Que nós possamos nos indignar mais, pois, quando um indivíduo esmaga o gatilho de uma arma contra a força armada do Estado, ele está dizendo, sem dizer, o que é capaz de fazer com você.
via watsapp
Frank Barbosa
Policial, cidadão, Civil
Indignado

Um comentário:

  1. Descanse em paz "MARCOS ROSA"! Que sua indignação possa se refletir em nossa sociedade!

    Gilvan Fernandes

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.