sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Polícia Civil de Queimadas/PB prende acusado de contrabando após investigação.

A polícia Civil da Delegacia de Queimadas com o apoio do Núcleo de Homicídios de Queimadas e da Assessoria - 11ª DSPC, prenderam em cumprimento de mandado de prisão  preventiva o popular Severino Neris Fernandes,  conhecido por Vítor, quando conduzia o seu veículo Hilux Branca, no Centro de Queimadas/PB e o valor de RS 9.500,00 (Nove mil e quinhentos) reais.

O veículo  Hilux e o dinheiro foram apreendidos. A investigação em seu desfavor ocorreu devido uma apreensão de um caminhão que se encontrava em seu poder e teria sido interceptado pela Polícia Rodoviária Federal e constava inicialmente que aquele veículo era adulterado e teria sido furtado no Estado de Pernambuco, inclusive estava com o chassi adulterado. Durante as investigações, a Polícia Civil desvendou que o caminhão teria sido trocado por cigarros contrabandeados e a pessoa de Vítor seria um grande distribuidor da substância ilícita, nesta cidade. Dessa forma, a Dr. Dianni Regina, Titular da Delegacia Municipal de Queimadas juntamente com sua equipe de investigadores continuaram as investigações e  representaram pela prisão preventiva em desfavor do Investigado e por mandados de busca e apreensão.

Na manhã de hoje (06/10/2017), equipes da Polícia Civil conferiram cumprimento as ordens judiciais e apreenderam no galpão às margens da Br-104, caixas de cigarros contrabandeados (2.400 carteiras de cigarro), cheques em branco e com registro de roubo, um veículo pampa, o qual era utilizado no transporte de cigarros. O galpão foi alugado pelo Investigado Vítor e servia de base para o comércio ilegal. Ainda no galpão, os Policiais Civis prenderam em flagrante delito a pessoa de Antônio Mariano de Aguiar Júnior, pois foram encontradas as caixas de cigarros em seu poder. Diante da situação  e por se tratar de competência da Justiça Federal, a Polícia Civil está encaminhando os investigados para serem autuados em flagrante delito pela Polícia Federal de Campina Grande, por se tratar de competência Federal.


Severino Neris já havia sido preso em outra ocasião por contrabando.



@setimaregional @Seccionalqueimadas
www.setimaregional.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.