terça-feira, 28 de agosto de 2012

Encontrado morto foragido da Cadeia de Picuí que aterrorizou a cidade de Cuzeta/RN e região;


Foi encontrado por populares na tarde do ultimo domingo (26) nas proximidades da Comunidade Bujari, zona rural  de Cuité( Região onde   o acusado residia antes de ser preso) no Estado da Paraíba o corpo do fugitivo da cadeia de Picuí identificado como Roberto Constantino Dantas vulgo (BETO), que respondia na justiça pela pratica de assaltos.

Beto foi assassinado por pessoas desconhecidas e seu corpo foi recolhido pelo IML da cidade de Campina Grande onde foi identificado nesta segunda-feira.

Roberto Constantino, ou Beto, é um dos acusados de fazer parte do bando que fugiu da Cadeia Pública da cidade de Picuí no Estado da Paraíba e que na fuga praticou uma serie de assaltos e até sequestro entre as cidades de São José do Seridó e Cruzeta aqui na Região do Seridó.

A maioria dos acusados de participar daquela ação no Seridó já foi presa sendo (Edivaldo Ferreira dos Santos - Doca) e (Greyguen Rayne da Silva Matos - Latró), se apresentou (Jerry Adriano - Biu de Jaçanã) e este ultimo foi morto (Roberto Constantino Dantas - Beto) faltando apenas a prisão de Fernando Batista de Souza - (Biu de Amadeu).
 
"Expeculasse que as pessoas que mataram Beto também estavam no encalço de Jerry Adriano, levando o mesmo a se entregar a polícia da Paraíba sabendo que ficaria protegido nas cadeias paraibanas, já que enquanto o mesmo negou sua participação no terror praticado na cidade de Cruzeta e região, dentro da cadeia ele estava se vangloriando perante os colegas de cela contando com detalhes e até rindo de tudo que tinha feito na região." Infelizmente fatos estes que não serão contabilizados nos seus processos já que não houve oficialização de processos contra sua pessoa até o presente momento.
www.setimaregional.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.