sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Falso Agente Penitenciário é morto em Soledade na casa da namorada


O homem assassinado a tiros  na noite desta quinta-feira (22) na casa da namorada próximo ao estádio "O Baianão", em Soledade, foi identificado como Daniel Silva Alves, com a último local de residência no bairro da Liberdade em Campina Grande, mas com naturalidade de João Pessoa/PB e último endereço real de Segurança.

Daniel não era agente penitenciário, apesar de usar uma farda do sistema prisional, e publicar fotos com a mesma em redes sociais e portar uma arma de "airsoft", semelhante a uma pistola Real de fogo no momento em que foi morto.

Daniel tinha um lava jato no bairro Presidente Médici, zona sul da cidade de Campina Grande, mais precisamente nas proximidades do colégio Estadual Raul Córdula.

A polícia Civil vai investigar os motivos que levaram a execução de Daniel e porque motivo ele se disfarçava de Agente Penitenciário para visitar a namorada em Soledade.

2 comentários:

Anônimo disse...

como tem policial e bombeiro se passado, mentirosos usado farda querendo ser alquem q não é, o preço disso é a morte meu chapa. vacilão

POLICIAL JÚNIOR 89 disse...

engraçado....ele bem compro farda falsa do agente-penitenciario, pra agradar e impressiona a namoradinha....aff burro. morreu na mentira...e assim é todos q usar farda da policial e vigilante e bombeiro se passado e morrendo..

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.