quarta-feira, 29 de maio de 2019

Operação em Picuí/PB

Uma operação "Curimataú" foi inicializada nas primeiras horas desta quarta-feira (29), na cidade de Picuí, no Curimataú da Paraíba, com o intuito de desarticular a facção criminosa comandada por Fernando Batista de Souza, mas conhecido por Biu, neto de Amadeus, o qual conseguiu sua reputação no mundo do crime desde a adolescência onde executou vários inimigos vindo até a matar o próprio primo a mando do crime organizado e em seguida assumiu algumas bocas de fumo com a viúva de um traficante que atuava em Picuí.
Nesta manhã, policiais civis, militares e corpo de bombeiros realizaram a operação em diversos bairros da cidade, como Limeira, Morro do Piolho, bairro São José, em alvos conhecidos por guardarem a drogas para Biu.

Durante a operação houve troca de tiros no Bairro Limeira, entre a polícia e Biu de Amadeus, até o momento quatro pessoas foram presas e cerca de 3kg de cocaína, pedras de crack, duas armas e um colete balístico foram apreendidos. 

Participaram da operação diversos policiais de outras seccionais e delegacias, dentre elas Solânea, Arara, Casserengue, Cacimba de Dentro, Guarabira, Esperança, Cuité, Barra de Santa Rosa.




www.setimaregional.com.br

Alerta!!! Alguns blogs estão veiculando uma tentativa de homicídio em Picuí, quando na realidade estava havendo uma operação policial, e não briga de facções criminosas... Quem vive de postar assuntos de redes sociais é fofoqueiros.
Jornalista, confere as informações antes de publicar, e não realiza fake news.

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns a equipe de investigação e a todas as equipes policiais envolvidas nesta operação. Trabalho espetacular!! Show!! Que Deus abençoe a todos vocês policiais que põem suas vidas em risco para trazer certa medida de alívio a população.

Anônimo disse...

Gosto das notícias veiculadas aqui, porque são bem redigidas e precisas. Parabéns ao responsável.

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.