PRF apreende armas de guerra sendo transportadas de Monteiro para Campina Grande/PB, a abordagem ocorreu próximo a Boa Vista/PB


A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba prendeu dois homens e apreendeu armas de fogo, munição e coletes em abordagem a um veículo na madrugada deste domingo (21), na barreira da BR 412, km 23, próximo a Boa Vista, a 50 km de Campina Grande, no Agreste paraibano Os armamentos eram um fuzil calibre 7,62 mm, uma carabina calibre 5,56 mm, munições e dois coletes balísticos. As apreensões e prisões fazem parte da Operação Tamoio II, iniciada neste domingo em todo país, que tem por objetivo intensificar as ações de combate ao crime nas rodovias federais brasileiras.

Durante a abordagem e conforme investigações realizadas pela Polícia Federal com apoio da PRF, foi constatado que os dois veículos seguiam viagem juntos.

A equipe policial se dirigiu ao local onde o Fiat Uno havia parado e jogado algo para fora do carro para realizar buscar e localizaram um fuzil calibre 7,62 mm. Após localizar o armamento, os policiais deram voz de prisão aos dois homens e iniciaram uma busca minuciosa nos automóveis.

Durante buscas no GM Corsa, primeiro veículo abordado, os policiais perceberam que havia indícios de que o painel do carro havia sido retirado do local. Foi então localizado escondido no painel do automóvel uma carabina calibre 5,56 mm, 5 carregadores, 71 munições calibre 5,56 mm e dois coletes balísticos.

Os homens não possuíam antecedentes criminais. Ambos são paraibanos e informaram ao policiais que pegaram as armas em Monteiro e que iriam entregá-las em Campina Grande. Relataram também que apenas iriam entregar o armamento mas que não sabiam informar quem receberia o material. Apesar do prejuízo dado ao crime organizado com a apreensão dos armamentos, as investigações irão continuar para tentar localizar as pessoas que iriam receber o material e para quais ações criminosas seriam usadas.

Os homens foram detidos, conduzidos à Polícia Federal em Campina Grande e deverão responder pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, considerado desde 2017 como crime hediondo, não sendo possível o pagamento de fiança para responder em liberdade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Médico remigense perde a batalha para o Coronavírus na Paraíba.

Ativista Remigense vem a óbito após batalha contra o câncer.

Policiais da 21ª Seccional de Polícia, prende acusado de Feminicídio ocorrido em Arara/PB