sábado, 30 de novembro de 2013

Revista Veja: Traz denuncias contra Veneziano e Vital do Rêgo por suposta pagamento de um Milhão a um membro do TRE-PB.

A Revista Veja desta semana traz uma nota em que o senador Vital do Rêgo é apontado como responsável por um suposto pagamento de um milhão a um membro do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, para que o seu irmão, Veneziano Vital do Rêgo, fosse absolvido em um processo de cassação na época em que era prefeito de Campina Grande.

De acordo com a revista, a denuncia está baseada em um processo da Polícia Federal, onde um jornalista teria afirmado ter acompanhado a negociação com o juiz do TTRE.



A revista Veja de hoje traz uma forte denuncia em que dar conta de que ha uma investigação sobre uma suposta compra de um Juiz do TRE por um milhão de reais, feita pele Senador Vital Filho para livrar da cassação o seu irmão Veneziano Vital, então prefeito de campina Grande. Segundo a Veja, o Juiz já esta sendo investigado pelo Conselho nacional da Justiça. No caso, conhecido como Maranata, Veneziano era acusado de ter pago um cheque a empresa com dinheiro da prefeitura e depois a mesma empresa ter depositado o dinheiro, sacado no Banco do Brasil, na conta de sua campanha. Condenado em primeira instancia, durante o julgamento pelo pleno do TRE o relator do processo , o juiz João Batista Barbosa, também votou a favor da cassação de Veneziano, pois entendeu que houve financiamento público de sua campanha. No entanto, na primeira sessão do julgamento (06/09/2011) , após o relator declarar seu voto pela cassação de Veneziano Vital, a sessão foi interrompida após um pedido de vista do juiz Márcio Accioly. Remado o julgamento, Na sessão do dia 14 de setembro de 2011, o Juiz Marcio Accioly apresentou divergência do relator e votou pela absorvição do prefeito. A ccioly disse que não existia nos autos a “menor prova de ilicitude” cometida por Veneziano e que o voto de João Batista tinha sido “lastreado por suposições”. “Não se pode condenar ninguém por mera suposição, por isso voto pelo acolhimento do recurso para reformar a decisão do primeiro grau”. A divergência de Acioly foi seguida pelos juízes Miguel de Brito Lira e Newton Vita.
Jose Tavares De Araujo Neto 
http://www.maispb.com.br/artigo.php?id_artigo=20131130113405
Leia Mais ››

Aracilba explica porque verba da Comunicação cresceu e a da Segurança vai diminuir em 2014

Aracilba  explica porque verba da Comunicação cresceu e a da Segurança vai diminuir em 2014
A secretária de Finanças do Governo da Paraíba, Aracilba Rocha (PSL), desmistificou, em entrevista essa semana, a polêmica em torno do aumento da verba destinada para a comunicação e a diminuição dos recursos voltados para a segurança pública em 2014, alvo de bastantes críticas na Assembleia Legislativa nos últimos dias.

Apesar do contraste, Rocha explicou que o aumento de um não implica na retirada dos recursos destinado a outra pasta. “Na verdade ninguém está retirando a verba da segurança para aplicar na comunicação, o que acontece é que a verba destinada a segurança deixou de crescer”, explicou.

Ainda conforme a secretária, em 2013, houve mais recursos no erário porque havia recursos para a construção de unidades de sedes para a segurança pública e este ano esses recursos irão para a Suplan (Secretaria de Planejamento).

“Os recursos para a segurança são todos destinados para o pagamento da folha de pessoal da Polícia Militar e da Polícia Civil e seu custeio, mas não para obras ou grandes investimentos”, lembrou.

O único grande investimento previsto para a Segurança Pública no Estado diz respeito a implantação do Programa de Combate ao Craque, na ordem de R$ 80 milhões, porém, conforme Aracilba, ‘ninguém sabe quando vão chegar’.

“A problemática de segurança é nacional e não apenas estadual”, disse.

As declarações de Aracilba foram veiculadas em entrevista ao Programa CBN João Pessoa.

Márcia Dias

PB Agora
Leia Mais ››

Pernambucano assalta hotel e tenta estuprar 4 mulheres em Campina Grande/PB

(Sebastião: preso em flagrante)
A Polícia Militar (2ºBPM) em Campina Grande prendeu em flagrante na manhã deste sábado (30/11), o pernambucano Sebastião Ferreira da Silva, de 53 anos.
Ele é acusado de roubar e tentar estuprar, ao menos, quatro clientes de um hotel no Centro da cidade.
A primeira informação recebida pela PM é que  o hotel estava sendo assaltado, quando as guarnições chegaram ao local, perceberam que se tratava de outra ocorrência.
“Chegamos e descobrimos que se tratava de roubo seguido de tentativa de estupro. Imediatamente as guarnições foram acionadas e conseguimos capturar o acusado cerca de cinco minutos depois, quando ele já tentava fugir”comentou a cabo Josilene Lima.
Para não despertar desconfiança, Sebastião chegou a se hospedar no hotel.
Depois disso, de acordo com a polícia, ele começou a identificar possíveis vítimas.
A preferência do acusado eram as mulheres porque além de roubar, também planejava praticar os abusos sexuais.
“Ele rendeu as quatro garotas com uma faca. Depois que conseguiu roubar os celulares e dinheiro das jovens ele seguia para praticar o estupro”.
Sebastião foi encaminhado para Central de Polícia Civil e acabou sendo identificado por agentes de investigação como sendo o mesmo suspeito que vinha agindo em hotéis da cidade a pelo menos 30 dias.
(Sebastião foi preso pela Rádio Patrulha)
“Já estávamos procurando esse rapaz há cerca de trinta dias. Ele praticou ação semelhante em outro hotel. Além de roubar a jovem, ele ainda praticou o estupro”, comentou um dos agentes.
Questionado, o pernambucano foi irônico e disse que não queria comentar o assunto:“eu só me declaro na presença do juiz”.
O acusado foi autuado em flagrante e deverá ser encaminhado para a Penitenciária e Segurança Padrão de Campina Grande.
(Possível vítima deixando a Central de Polícia)
A Polícia Civil ainda fez um apelo para que outras possíveis vítimas do dele possam comparecer a delegacia para fazer o reconhecimento e consequentemente, abrir o procedimento de investigação.
(Por blogdomarciorangel)
Fotos: Márcio Rangel
Leia Mais ››

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Jovem dá luz a gêmeas, mas morre durante complicações no parto em Cajazeiras/PB

Uma jovem de 23 anos, identificada como Aline Braga, natural da cidade de São José de Piranhas-PB, faleceu vítima de complicações pós-parto.

Segundo informações, a jovem que atualmente residia na cidade de Cajazeiras, estava gravida de gêmeas, a qual foi internada na Maternidade da cidade de Cajazeiras e devido a algumas complicações durante a gravidez foi transferida a cidade de Patos, aonde deu a luz a duas lindas gêmeas.
Após sete dias do parto, Aline sofreu complicações vindo a óbito no Hospital Regional da cidade de Patos. O corpo da jovem foi transladado até Cajazeiras aonde foi sepultada sob forte comoção dos familiares e amigos.

As bebês encontram-se bem de saúde, lindas, mas, infelizmente, sem a mãe. Vale salientar que Aline foi mais uma vítima de uma complicação durante a gravidez chamada de Eclâmpsia.

Fonte:Folha do Sertão/Radar Sertanejo/É Sertão
Leia Mais ››

E lá vem bomba!! Reforma aprovada no Senado pode punir comentários na internet 'ofensivos' a políticos com 1 ano de prisão e R$30 mil de multa

Cássio Cunha Lima. Imagem: Redes Sociais
A difusão de mensagens e comentários "ofensivos" à honra ou à imagem de candidatos, partidos e coligações será considerada crime e punível com cadeia e multa para o autor e seu contratante caso a presidenta Dilma Rousseff sancione sem vetos uma lei enviada pelo Congresso ao Palácio do Planalto na segunda-feira 25. A criminalização pode valer já na eleição de 2014. Para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), há risco à liberdade de expressão.

Leia também: Aécio Neves propõe censura de críticas "ofensivas" a políticos nas redes sociais

Os dispositivos incriminadores de certas condutas virtuais constam da chamada "minirreforma eleitoral". Não faziam parte do projeto original apresentado em dezembro de 2012 pelo senador Romero Jucá, do PMDB de Roraima. Foram introduzidos no texto em setembro, durante votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. A inclusão foi proposta pelo senador Cássio Cunha Lima, do PSDB da Paraíba.

De acordo com a emenda de Cunha Lima, o autor de mensagens classificadas como criminosas será punido com multa de 5 mil reais a 30 mil reais e com prisão de seis meses a um ano. O castigo para quem o contratou é pior: de 15 mil reais a 50 mil reais de multa e de dois a quatro anos de cadeia.

Na justificativa por escrito que apresentou ao defender a criminalização, Cunha Lima dizia que as redes sociais tornaram-se poderosas na formação da opinião pública brasileira, mas "têm tido seu uso deturpado", especialmente em períodos eleitorais. "Já se constatou", dizia ele, "a contratação de grupo de pessoas para que realizem ataques, via internet, aos candidatos, partidos ou coligações".

Se os dispositivos foram sancionados, passarão a integrar a lei 9.504, de 1997, que estabelece as normais gerais das eleições. A lei foi modificada em 2009 para prever um outro tipo de punição por propaganda eleitoral na internet. Os propagandistas que atribuem a obra deles a terceiros (a candidatos ou a partidos, por exemplo) podem ser multados entre 5 mil reais e 30 mil reais.

Os candidatos que se sentirem vítimas de ataques em sites e redes sociais poderão recorrer à Justiça para que esta ordene a retirada do conteúdo do ar, também de acordo com a minirreforma. O mecanismo não fazia parte do projeto original de Romero Jucá. Foi incluído a pedido dele próprio na mesma votação ocorrida em setembro na CCJ.

Ao propor a emenda, Jucá disse em uma justificativa por escrito que "o principal objetivo é dar instrumentos à Justiça Eleitoral para combater essa prática deletéria, que tem trazido grandes prejuízos ao andamento das campanhas eleitorais".

O ataque à honra de um candidato já é um ato alcançado pelo Código Penal. A conduta pode ser enquadrada como calúnia, injúria ou difamação. A novidade pretendida pela minirreforma eleitoral, explica o presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, é a criminalização de atos contra a imagem de um candidato, um partido ou uma coligação. E, neste aspecto, a liberdade de expressão corre riscos.

O texto aprovado pelos parlamentares não diferencia danos à imagem causados por um fato verídico ou provocados por mentiras. Ou seja, espalhar pela internet um fato verdadeiro pode ser crime, caso esse fato arranhe a imagem de um político ou uma legenda. Por exemplo: disseminar as prisões decorrentes do julgamento do mensalão afeta o PT, assim como as notícias sobre pagamento de propina nas obras do metrô de São Paulo atingem o PSDB. "Vejo esse novo dispositivo com muita preocupação. Há risco concreto de cerceamento à liberdade de expressão por meio da criminalização de certos atos", afirma Furtado Coêlho.

Dilma tem até a primeira quinzena de dezembro para decidir vai transformar a minirreforma em lei tal qual aprovada pelo Congresso, se assinará apenas uma parte do texto ou se vai vetá-la na íntegra.

O projeto remetido à sanção pode ser lido aqui.

André Barrocal
Carta Capital
Editado por Folha Política
Leia Mais ››

Bandidos fazem campana de 24 hs no Algodão de Jandaíra e levam apenas 39 reais.

Quatro homens armados assaltaram os Correios do Algodão de Jandaíra, na última terça-feira, 26.
Segundo informações os bandidos estavam na cidade desde a segunda-feira,25 olhando o movimento da agência do Correios, da casa de jogo do bicho, lotérica e uma farmácia, vindo até ficar bebendo em um bar próximo.
Na terça-feira por volta das 15hs anunciaram o assalto no Correios, onde chegaram de cara limpa e mostrando a arma para a funcionária, ao fazerem a limpa nos caixas, encontram apenas R$39,00 (trinta e nove reais), valor este que correspondia apenas as cartas enviadas, já que o Correio desta cidade não trabalha com dinheiro e não é corresponde bancário; Logo em seguida foram até a Lotérica da cidade mais não deram sorte, pois o local já estava fechado e resolveram assaltar uma farmácia de onde roubaram um valor até o momento não divulgado. Os bandidos só foram embora depois que um cidadão disse que havia um policial apaisana na cidade e com isso eles fugiram.
Horas depois a polícia de Esperança chegou ao local para averiguar o que tinha acontecido, já que o Algodão de Jandaíra tem contingente policial  apenas nos finais de semana.
Leia Mais ››

Bandidos explodem agência do BB de Arara/PB pela 2ª vez; prédio ficou destruído

201311280928330000003183Um  grupo de aproximadamente oito homens explodiram mais uma vez a agência do Banco do Brasil da cidade de Arara, no Agreste paraibano. O prédio ficou bastante destruído, enquanto que os ladrões levaram uma quantia em dinheiro não revelada.
Guarnições das Polícias Militar e Civil estão realizando diligências na região do Agreste paraibano.
A polícia tomou conhecimento que por volta das 2h30 desta quinta-feira, 28, o grupo chegou à cidade numa caminhoneta Montana prata. Enquanto parte do grupo se dirigiu a agência bancária, outros bandidos foram até um bar onde pessoas se divertiam. Todos foram rendidos, mantidos reféns e usados como escudo, caso a polícia aparecesse.
A perícia do Instituto de Polícia Científica foi convocada e inicialmente a informação que apenas um caixa do Banco do Brasil teria sido explodido.
Essa foi a terceira ação dos bandidos contra agência bancárias na cidade de Arara. Por volta das 3h, no dia 8 de janeiro, na primeira ação, o Banco do Brasil foi explodido e, no dia 2 de agosto foi a vez do Banco Bradesco, quando cinco homens, usando um veículo Golf, branco, explodiram o estabelecimento.
WSCOM Onlin
Leia Mais ››

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Homem preso por roubar farmacias para sutentar as várias mulheres que tinha; é o acusado de matar outro jovem de frente a Câmara de Vereadores de CG.

O Delegado Francisco de Assis Silva (Homicídios/Campina Grande), afirmou na manhã desta terça-feira (26/11) que o acusado de assassinar o jovem Afonso Luís filho, 20 anos, na madrugada de 20 de outubro, em frente à Câmara Municipal de Campina Grande, é Emanuel Fernandes dos Santos, de 19 anos, preso recentemente pelo assalto uma Farmácia da Rede Dias, no bairro Malvinas.
(Emanoel: acusado de assalto e agora de homicídio)
O delegado chegou ao nome do acusado após ouvir oito testemunhas que afirmaram “categoricamente” se tratar de Emanuel, o homem que atirou em Afonso.
O motivo do crime teria sido um boné.
“A vítima estava lanchando e usava um boné. De repente o acusado teria se dirigido a ele de forma brusca, se referindo ao boné. Afonso teria dito algo, ou teria ignorado o acusado que de pronto, atirou à queima roupa. Posso de dizer que o crime foi banal”, afirmou o policial.
O delegado Assis disse ainda que a prisão de Emanoel, pela Roubos e Furtos, por causa do assalto a farmácia, foi extremamente importante.
“Quando as pessoas souberam que ele se encontrava preso, nos procuraram para confirmar a acusação de assassinato. Através das fotografias e das imagens dele (em entrevista) veiculadas na TV, não restaram mais dúvidas”.
O CRIME
Afonso, que morava na Rua Men de Sá, no “Quarenta”, foi assassinado exatamente às 04h53, enquanto lanchava em um trailer.
As imagens de uma câmera, em frente à Câmara de Vereadores, registraram o crime.
(Afonso: executado friamente e sem defesa)
Na época a polícia militar chegou informar que a morte estaria relacionada à briga entre torcidas, mas a hipótese foi descartada pela polícia civil que assumiu as investigações.
O ACUSADO
Emanuel Fernandes dos Santos, foi preso por policiais da Roubos e Furtos no dia 14 de novembro no bairro Ramadinha, sob a acusação de assaltar “por diversas vezes” uma das farmácias da Rede Dias, localizado na Rua Jamila Abraão Jorge, nas Malvinas.
(Emanuel assumiu o assalto em uma farmácia da Rede Dias) 
Ele mora no Bairro Santa Rosa e confessou os assaltos.
No dia da prisão o delegado Henry Fábio disse que, “a captura foi de extrema importância, pois ele praticou uma série de delitos no mesmo local com ousadia e frieza. Não tinha como ele negar. Tínhamos informações e detalhes importantes. Outros crimes podem ser desvendados. Vamos aguardar”.
(Henry disse: "Outros crimes podem ser desvendados. Vamos aguardar")
Na época, Emanuel disse a repórter Cláudia Gomes/TV Borborema, que estava arrependido dos assaltos e que pagava aluguel das casas de quatro mulheres que ele tinha.
Leia Mais ››

Corpo é carbonizado nas Malvinas, Campina Grande; Polícia ainda não sabe o sexo da vítima.

Um corpo carbonizado foi encontrado na Avenida Plínio Lemos, por volta das 10h00 desta terça-feira (26/11), nas Malvinas em Campina Grande.
Moradores ligaram para a polícia militar e informaram que no “terreno, onde passa a linha da Chesf, em frente ao Mercado Público e Unidade de Saúde das Malvinas, havia alguém morto”.
A polícia confirmou o caso.
Na noite de ontem (25), populares ouviram gritos de uma pessoa, “mas não procurou saber o que era”.
Pouco tempo depois, percebeu que havia muita fumaça no terreno e pensaram que era lixo sendo queimado, fato comum na localidade.
A polícia constatou que se tratava de um corpo humano queimado com pneus, técnica conhecida como Microondas.
Em virtude do estado do corpo, não foi possível ainda informar o sexo da vítima. Apenas uma das pernas não foi totalmente carbonizada.
Leia Mais ››

Acidente com veículos entre Mari e Guarabira,PB-073, tira a vida de Sargento da PM e deixa um ferido


Na noite desta segunda-feira (25), uma colisão entre dois veículos na PB-073, mais precisamente no trecho que liga as cidades de Mari e Guarabira, acabou ceifando a vida do Sargento Asilvan, residente do bairro Mangabeira, em João Pessoa. O acidente também envolveu um guarabirense, morador do bairro São José.
Segundo informações, o Sargento Asilvan trafega na PB-073, no trecho que liga Guarabira à Mari em um Fiat Uno de cor verde e placas OEOP-5487/JP quando foi surpreendido pelo veículo Fiat Strada que vinha conduzido por Antônio Costa de Andrade, vulgo "Dunga". O mesmo vinha em direção à Guarabira enquanto Alsivan tinha João Pessoa como destino final.

FOTOS: Acidente com veículos entre Mari e Guarabira tira a vida de Sargento e deixa um ferido
O condutor Antônio Costa foi socorrido para o Hospital de Trauma, em João Pessoa

A equipe de socorristas do Corpo de Bombeiros foi acionada, entretanto, Alsivan veio a óbito ainda no local. "Dunga" foi socorrido, levado para o Hospital Regional de Guarabira e em seguida encaminhando para o Hospital de Trauma, em João Pessoa.
Os veículos ficaram destruídos pelo impacto.
Mais Fotos:


FOTOS: Acidente com veículos entre Mari e Guarabira tira a vida de Sargento e deixa um ferido
Vítima fatal do acidente: Sargento Alsivan

FOTOS: Acidente com veículos entre Mari e Guarabira tira a vida de Sargento e deixa um ferido
FOTOS: Acidente com veículos entre Mari e Guarabira tira a vida de Sargento e deixa um ferido

FOTOS: Acidente com veículos entre Mari e Guarabira tira a vida de Sargento e deixa um ferido

FOTOS: Acidente com veículos entre Mari e Guarabira tira a vida de Sargento e deixa um ferido

Da Redação do Mari Fuxico
com portal independente
Leia Mais ››

Pesquisa vai de encontro a dados da Polícia do Estado; Homicídios crescem 286% em 10 anos na Paraíba, segundo estudo da UFCG

Um levantamento realizado pelo Núcleo de Estudos da Violência (Nevu) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) aponta um crescimento de 286% do número de homicídios na Paraíba nos últimos 10 anos.
127714,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Cruzando dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o professor José Maria Nóbrega, que coordena o Nevu, constatou ainda que os quatro maiores municípios do estado (João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita e Patos) concentram 61% dos assassinatos.
De acordo com o estudo, a taxa de homicídios alcançou números preocupantes nas quatro cidades, especialmente em João Pessoa, que passou dos 31,94 assassinatos por 100 mil habitantes, em 2000, para 68,42, em 2010, e Santa Rita, na região metropolitana, que dos 25,89 em 2000, saltou para assombrosos 82,29 em 2010. A taxa nacional de homicídios é de 25,8.
Em João Pessoa, o número de homicídios saiu de 191 em 2000, para 495 em 2010, o que equivale a um aumento de 61,4% no percentual de mortes violentas, em uma década. Enquanto isso, a população aumentou de 597,9 mil para 723,5 mil, subindo 125,5 mil, no mesmo período, o que representa 17% de crescimento populacional; ou seja, só na Capital, o número de homicídios cresce  cerca de quatro vezes mais que a quantidade de habitantes.
Em Campina Grande, a segunda maior cidade da Paraíba, a situação também é bastante alarmante. O número de homicídios saiu de 106 para 187, em dez anos, o que representa um aumento de 43,3% no percentual de assassinatos na cidade, que fica a 130 km da Capital. A população passou de 355,3 mil para 385,2 mil, na mesma década, ganhando cerca de 30 mil habitantes, ou seja, 7,7%. Nesse caso, a taxa de homicídios é quase sete vezes maior que o crescimento populacional de Campina.
Em Patos, a 305 km da Capital, no Sertão da Paraíba, os homicídios eram 21 em 2000 e passaram para 57 em 2010, um incremento de 63,1%, sete vezes maior que o crescimento populacional da cidade que ganhou pouco mais de 9 mil habitantes em 10 anos, que passou dos 91,7 mil para os 100,8 mil, ou seja, ganhos de 9%.
Segundo o pesquisador José Maria, “ocorreu uma verdadeira explosão dos homicídios na última década, com destaque para os anos de 2008, 2009 e 2010, quando os números superaram a cifra de mil mortes por agressão”, ressaltando os três anos que têm os maiores índices de assassinatos nas principais cidades do estado.
Portal Correio
Leia Mais ››

Policiais Civis de Picuí, Cuité e Cubati passam por treinamento de tiro.


Na última semana, de 12 a 14 de novembro, policiais civis lotados nas cidades de Cuité, Picuí e Cubati realizaram um curso de reciclagem de manuseio e uso de arma de fogo. O curso foi realizado na cidade de Picuí, onde os policiais testaram suas armas e aperfeiçoaram as suas técnicas de tiro com ajuda de instrutores da Secretaria que se deslocaram até a sede da 13ªAISP.
Leia Mais ››

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Corpos são encontrados em matagal em João Pessoa/PB; homem foi decapitado e mulher degolada.

Um homem e uma mulher foram assassinados de forma brutal, em João Pessoa. Os corpos foram achados na manhã deste domingo (24) em um matagal no loteamento Engenho Velho, próximo ao bairro das Indústrias. As vítimas apresentavam marcas de perfuração de arma branca pelo corpo. O homem foi decapitado e a mulher degolada.
De acordo com o delegado de Homicídios, Luiz Cotrim, a cena do crime apresenta indícios que as vítimas não foram assassinadas no local. Elas ainda não foram identificadas, mas o delegado acredita que o homem fizesse parte de uma facção criminosa de João Pessoa, por causa da tatuagem de uma carpa no pulso esquerdo. O desenho do peixe é o símbolo da facção.
Segundo o cabo Valdir da Polícia Militar, um morador encontrou os corpos e acionou a Polícia Militar.
A perícia esteve no local e os corpos foram levados levados à Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), localizada no bairro do Cristo.



fonte: Aguinaldo Mota.
Leia Mais ››

Filha de cantor Flávio José é assaltada em estacionamento de restaurante em CG

A filha do cantor Fávio José, Lara Amélia, foi assaltada na noite deste sábado (23), no estacionamento de um restaurante, no bairro Alto Branco, em Campina Grande.
A jovem usou seu perfil em uma rede social para desabafar sobre a falta de segurança no Estado.
"A cada dia Campina Grande torna-se uma cidade de péssima segurança pública. A onda de assaltos a bares e restaurantes têm sido frequente e as autoridades nada fazem", postou no Instagram.
De acordo com a postagem, Lara relata que chegou por volta das 21h40 no restaurante DNA Natural.
"Chegando lá estacionei o carro e abri a porta, fui abordada por dois bandidos armados em uma moto Bros de cor laranja. Ainda tentei fechar a porta do carro, mas pelo fato de estar com o braço engessado, não tive como puxar a porta! Roubaram meu dinheiro da carteira e quando procuraram meu cel no bolso e não conseguiram levar, acabaram rasgando minha calça, e só não atiraram porque gritei"
Da Redação (com ClickPB)
Leia Mais ››

Filhos de Empresários da capital paraibana se divertem com as multas recebidas e publicam nas redes sociais suas façanhas.

Motorista se exibem por ter cometido mais uma infração
Enquanto pessoas perdem a vida para motoristas embriagados, filhos de empresários da Capital se divertem nas redes sociais, zombando das fiscalizações e se exibindo por receberem muitas multas. As postagens e os comentários dos colegas revelam a total ausência de preocupação com o risco que as infrações cometidas por eles causam à vida das outras pessoas.
Em uma dessas postagens, um jovem filho de empresários do ramo de eventos e recepções, brinca com a multa que recebeu por dirigir na contramão. As risadas são compartilhadas por um amigo que diz ter sido multado pelo mesmo motivo. Dias depois, o primeiro rapaz posta a imagem de mais uma multa e reafirma: “Pra não perder o costume, multa de ontem por trafegar na contramão”.
O primeiro jovem também se exibiu por ter sido flagrado na Operação Lei Seca. Fez uma foto dele próprio, em frente a uma das viaturas da fiscalização e creditou com a comemoração: “Finalmente fui pego na lei seca, n era possível q todo mundo era pego e eu n era...” A “façanha” recebeu 34 comentários e risadas dos colegas. Em outra postagem, o mesmo rapaz fotografou uma multa por estacionar em local proibido, quando o agente da Semob ainda estava em frente ao seu carro. Na legenda, outra gozação: “Pra não perder o costume, mais uma multa”, colocou.
Em mais uma postagem, o rapaz deixa evidente que é possível cometer infrações seguidas na Capital sem ser impedido. Após exibir a 5ª multa na rede, todas por infração grave, uma colega pergunta se ele ainda tem CNH. A resposta atesta a ineficiência das fiscalizações. “Tenho, mas provavelmente não é válida”.
Leia Mais ››

Jovem acusado de tentativa de assalto a Posto de Combustível é preso próximo a Santa Terezinha/PB


A Polícia Militar prendeu o jovem Felipe Nogueira Ferreira, 18 anos, acusado de tentativa de assalto ao posto de combustível Santa Terezinha, localizado às margens da BR-361.

O fato aconteceu na tarde deste domingo (24/11). O acusado estava acompanhado de um menor de 17 anos que também foi apreendido pela guarnição da PM.

Segundo as primeiras informações colhidas por nossa equipe, os acusados estavam em uma motocicleta Honda Fan, preta, Placa MOV 8115 – Patos-PB, e residem na Rua do Meio em Patos.

A moto pertencia à outra pessoa que havia emprestado para os jovens. Na delegacia se verificou que o proprietário não tinha envolvimento com o crime.

Após a tentativa de assalto ser frustrada no primeiro posto, os acusados seguiram para outro posto localizado na cidade de Santa Terezinha.

O frentista do primeiro posto fez contato com o colega do segundo posto e devido a isso houve frustração no intento de assalto pelos jovens.

A polícia do destacamento daquela cidade foi informada e entrou em perseguição aos acusados que foram interceptados na BR-361 entre Santa Terezinha e Patos. Com os acusados foi encontrado um revólver calibre 38 e seis munições intactas.

Eles foram conduzidos para a Delegacia de Polícia de Patos para os procedimentos de praxe. 

Leia Mais ››

Homem acusado de praticar duas tentativas de homicídio em 2012 consegue obter sucesso na terceira e mata jovem em Pombal/PB.


O 14º homicídio de 2013 em Pombal foi registrado na tarde deste domingo (24), no bairro Francisco Paulino, tendo como vítima um adolescente de 17 anos.

Segundo informações o crime foi cometido por volta das 16 horas, em frente ao estádio municipal “O Pereirão”, quando o jovem Davi Rodrigues de Morais (foto da identidade), de 17 anos, foi surpreendido pelos autores que estavam em uma moto preta.


De acordo com a polícia, Davi foi atingido com três tiros e morreu antes de ser socorrido.

Dois suspeitos foram presos e levados à delegacia de polícia civil, onde até o fechamento desta matéria estavam sendo ouvidos pelo Delegado Leonardo Machado.

Entre os acusados está Stênio Machado Lopes, conhecido por “Pelé” (FOTO), que negou ter sido o autor do crime. Além dele, um adolescente também foi detido. A polícia não soube informar o que teria motivado o homicídio.



O acusado “Pelé” já foi preso duas vezes somente este ano, por tentativa de homicídio e assalto.

Em abril, ele e mais três acusados foram presos pela prática de vários roubos na cidade. Entre suas vítimas, segundo a polícia, estão o pedreiro conhecido por "Marquinhos" e o comerciante Antônio Lacerda, sogro do vereador Rogério Martins.

Já em setembro, ele voltou a ser preso, após ser acusado de tentar matar Fabiano Pinheiro Eufrasiano, 35 anos, no bairro “Cacete Armado”.

Leia Mais ››

Ex-presidiário atira contra duas pessoas em partida de futebol e tem a sua arma tomada e é revidado por parente de uma das vítimas; Dorgival morre no local

Na tarde deste sábado 23, em São Vicente do Seridó, mais precisamente no Sítio Alto Umbuzeiro, o ex-apenado, Dorgival Pereira Dias, conhecido por “Criatura”, de 29 anos que também estava jogando futebol, subtraiu uma arma de fogo de um suposto colega que estava próximo ao campo.

Dorgival teria então efetuado disparos que atingiram duas pessoas, dentre elas um adolescente de 16 anos que também participava da partida e sofreu um tiro de raspão no braço esquerdo, juntamente com o arbitro da partida que ficou com uma bala alojada no ombro direito.

Segundo informações, após o arbitro da partida ser atingido no ombro, o seu irmão partiu para cima de Dorgival e ao tomar a arma disparou contra o mesmo, vindo a falecer no local e em seguida evadindo-se do local.

A arma do crime, um revolver calibre 38 com cinco munições deflagradas, foi apreendida e apresentada ao Delegado Plantonista, Dr. João Joaldo, da 13ªAISP- Picuí.

Dorgival já havia sido preso no ano de 2011, reveja a matéria.

Preso dupla em São Vicente do Seridó/PB; acusados: Dorgival Dias Pereira e Jucélio Félix de Lima



Nesta quarta feira dia 14/09/2011 a polícia militar de são vicente do seridó no curimataú paraibano, recebeu uma denúncia que dois elementos estava arrombando a residência de um aposentado.


A polícia militar saiu em diligência até o local e deparando com os meliantes que além de arrombar a casa do aposentado atentaram contra a vida do mesmo. 
No comando do CBPM J.Queiroz, comandante do destacamento os dois acusados
Dorgival Dias Pereira  e Jucélio Félix de Lima, moradores da rua do tiro em São Vicente do Seridó/PB
Os acusados estão prestando depoimento na Delegacia de CUBATI PB e logo em seguida serão encaminhados para cadeia pública de Soledade/PB
fonte: Cubati é notícias com informações da delegacia de Cubati/PB
Leia Mais ››