segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Colisão de Trem com ônibus na Paraíba deixa três mortos em Santa Rita.




Um acidente entre um trem da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e um ônibus deixou pelo menos 10 pessoas feridas e três mortas na tarde desta segunda-feira (29). A colisão aconteceu nas proximidades da Estação Várzea Nova, em Santa Rita. 
Várias ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros foram acionadas para realizar o socorro. Testemunhas revelaram que algumas das vítimas ficaram presas nas ferragens. Segundo o capitão dos bombeiros, Ovídio Fernandes, três mulheres morreram no local. "A faixa de idade delas é entre 40 a 60 anos", revelou. 
Os feridos foram encaminhados para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital.
De acordo com a CBTU, as causas do acidente ainda serão apuradas.
Leia Mais ››

Bancos são explodidos em várias cidades da Paraíba na mesma noite.

Muitos moradores de Pocinhos pararam para ver os estragos causados pela quadrilha fortemente armada que atacou o Banco do Brasil e o posto avançado do Bradesco na madrugada desta segunda-feira (29/02).

Na agência do Banco do Brasil os ladrões explodiram o cofre e danificaram as partes de trás dos caixas eletrônicos.
Com explosão portas e compartimentos de vidros foram abaixo.

Os bandidos também atiraram nas janelas do banco e nas paredes.
A gerência não confirmou se eles levaram o dinheiro.
Ao mesmo tempo em que um grupo agia no Banco do Brasil, outra parte cuidava de explodir o caixa eletrônico do Posto Avançado do Bradesco que fica a poucos metros do banco.
Eles destruíram o equipamento, mas como não havia dinheiro nada foi levado.
Até na cadeia pública os ladrões atiraram.
Pelo menos 20 homens podem ter participado do crime.
Eles estavam em dois carros e duas motos.

Mas quem chegava a cidade vindo de Montadas, Areial, Esperança, ou ainda pela BR 230, por exemplo, teve prejuízos.
Os ladrões espalharam grampos na rodovia furando os pneus de vários veículos.
Para outras pessoas o prejuízo é bem maior.
A cidade fica sem as duas instituições bancárias temporariamente.
Quem precisar de alguns serviços, com retirar dinheiro, vai ter que se dirigir até Campina Grande.
EM CABACEIRAS, às 02h20 o alvo foi o prédio dos correios.
O cofre foi explodido.
Não informado se o dinheiro foi furtado.
Houve confronto entre uma das guarnições e bandidos.
A perseguição foi prejudicada, pois os pneus do carro da PM foram furados devido aos grampos jogados na pista.
Uma das viaturas foi atingida, mas nenhum policial se feriu.

Por volta das 9h30 a guarnição composta pelos sargentos Farias e Silva, além do soldado C. Rafael, recuperou o veículo utilizado para explodir a agência dos correios.
O carro foi encontrado no Sítio “Caiçara”, em Cabaceiras.

EM SANTA RITA, na grande João Pessoa, ladrões tentaram arrombar dois caixas eletrônicos que ficam localizados dentro de uma empresa de calçados.

De acordo com a Polícia Militar, cinco assaltantes usaram maçaricos da própria empresa pra tentar abrir as gavetas onde ficam as cédulas, mas não conseguiram fugir levando o dinheiro.
Os ladrões renderam os vigilantes.
Segundo a PM os equipamentos ficaram sem oxigênio antes que os assaltantes conseguissem abrir as gavetas. 

fonte: RenatoDiniz.com
Leia Mais ››

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Policiais Militares do Algodão de Jandaíra/PB prende foragido do Serrotão

A guarnição dos Soldados Ismael e Elcides prenderam na madrugada deste domingo, 28 de fevereiro, por volta 00:00h, o popular FRANÉO MÁRCIO PEREIRA, mais conhecido por Marcinho. O mesmo era foragido do presídio do Serrotão em Campina Grande, desde o ano de 2010, quando foi transferido para aquela unidade, após evadir da cadeia de Remígio pela porta da frente, já que era preso de confiança e tomou destino, como pena, o mesmo foi encaminhado para Campina Grande para cumprir os 8 anos da pena restante.

Nesta noite os policiais conseguiram informações de seu paradeiro e o prenderam em sua residência no Sítio Serrote Baixo, na cidade do Algodão de Jandaíra, onde encontraram ainda uma espingarda de fabricação caseira.
O acusado já encontra-se detido na cadeia pública de Remígio/PB, onde aguardará decisão da justiça.

"Quanto tempo levará para fugir de novo?"
Leia Mais ››

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Bandidos tentam arrombar caixa eletrônico na cidade de Esperança/PB, mas desistem devido a fumaça provocada.

Na madrugada deste sábado (27), bandidos tentaram arrombar caixas eletrônicos em uma agência do Bradesco, instalado no prédio da Prefeitura da cidade de Esperança, no Agreste. Segundo a Polícia Civil, um dos caixas eletrônico foi danificado ao tentarem abrir com um maçarico, mas não chegaram a abrir o compartimento de dinheiro. Acredita-se que os bandidos eram inexperiente, devido terem usado o equipamento na parte plástica do caixa criando fumaça.
Os suspeitos fugiram abandonando parte do material usado na tentativa, tais como mascaras, luvas e uma lona plástica usada para encobrir o serviço. Por conta da fumaça gerada pelo maçarico, a população acreditou que o banco estaria pegando fogo e acionou o Corpo de Bombeiros. A Polícia Civil descartou a informação de incêndio e o IPC, esteve no local realizando a perícia do local. O material abandonado não foi levado para ser periciado em buscas de impressões digitais.
Leia Mais ››

Bandidos tentam assaltar ônibus em Campina Grande e acabam presos.

Policiais da ROTAM retiraram das ruas um trio que assaltou na tarde desta sexta-feira (26/02) um ônibus urbano na rodovia Vital do Rego (de acesso a Catolé de Boa Vista).
O veículo faz a “linha do Estreito”, em Campina Grande.

Os três assaltantes, Emanoel de Souza Ferreira, 19 anos, e dois adolescentes de 14 e 17 anos, foram capturados num matagal do Sítio “Lucas”.

Os acusados, que moram no Pedregal, entraram no veículo no Centro da cidade, próximo a feira central.
Quando o ônibus de aproximou do sítio “Lucas”, eles, armados com uma faca, além de uma pistola "de brinquedo", anunciaram o assalto e fizeram a limpa.
A PM foi chamada e prendeu os três.

Foram recuperados quase “200,00 reais”, sete celulares e outros pertences dos passageiros.





ASSALTO NO GLÓRIA
Já às 06h20 desta sábado (27) passageiros do ônibus da Novo Cruzeiro, empresa que faz o trecho Campina Grande/Serra redonda, foram assaltados por dois ladrões no Bairro Glória (na saída de Campina para Massaranduba).

A dupla estava arma com uma espingarda de soca.
Após o crime um deles atirou no para-brisa do veículo, atingido o motorista no braço.

Os ladrões fugiram com os pertences, numa cinquentinha, para o Bairro Glória.   
Leia Mais ››

Bandidos entram em confronto com a polícia na Paraíba, um morre e dois são presos em Baraúna.





Uma ação policial foi deflagrada na madrugada deste sábado (27), na cidade de Baraúna, no Seridó da Paraíba.


Segundo informações da polícia militar, cinco bandidos armados tentaram assaltar um senhor na região. A polícia foi acionada e agiu rápido na perseguição dos meliantes que começaram a atirar contar os PMs.

Durante a troca de tiros, um bandido foi morto e dois foram presos. Ainda segundo a PM dois bandidos conseguiram fugir, mas um deles foi baleado.



Viatura foi atingida durante o tiroteioEm conversa com a reportagem, o tenente-coronel Afonso Galvão disse que “os policias agiram com firmeza e sempre que a informação chega com rapidez e precisão, a polícia estará pronta para dar a resposta”.

Os nomes dos meliantes presos ainda não foram divulgados, mas o que se sabe até o momentos, é que a quadrilha era composta por elementos da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

Os dois presos estão sendo ouvidos na delegacia de Picuí, duas espingardas e um revólver foram apreendidos durante a operação.
Leia Mais ››

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Acusado de Homicídio em Picuí é preso em Jardim do Seridó/RN por tráfico de drogas e por força de Mandado de Prisão.

Policiais da 2ª Cia da PM de Jardim do Seridó cumpriram mandado de prisão no bairro Aluízio Alves na manhã desta sexta-feira (26), contra Sebastião Jorge Sales Galvão,18 anos, vulgo “Gambeta” filho de Graça de Guê.
Ele é acusado de ter praticado um homicídio em Picuí / PB. Na residência foram encontradas várias pedras de crack, saquinhos que provavelmente servia para embalar a droga e dinheiro fracionado.
“Gambeta” disse ser viciado em drogas, mas afirma também que vendia o Crack em Jardim ao preço de 5 reais cada pedra. Após a prisão, ele foi conduzido para Caicó onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e em seguida será recambiado para a Paraíba devido o mandado de Prisão.
Segundo informações apuradas pelo Portal SetimaRegional, ele é responsável direto pela morte de Marcelinho irmão de André de Zila, morto na cidade de Picuí, e participação indireta na morte de André de Zila, já que informes dão conta de que Gambeta ao saber que André iria se vingar da morte do irmão começou a procurar Gambeta para acertar as contas, então Gambeta com um comparsa atacaram André de Zila antes. Após a morte de André, Gambeta evadiu-se para cidade de Parelhas, até onde estava sendo monitorado e em seguida tomou destino ignorado, vindo a ser preso hoje por policiais Militares de Jardim do Seridó/RN.
O Portal Setima Regional, havia conseguido com internautas fotos que mostravam que Gambeta possuía uma arma, ajudando no desenrolar das investigações realizadas pela equipe de policiais Civis da 13ªAISP- Picuí comandada pela Dra. Dianni Regina e a Dra. Luisa Correia.




Leia Mais ››

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Policiais Civis cumprem mandado de prisão em Remígio/PB

A equipe de Investigadores da delegacia de Remígio sob o comando do Comissário de Polícia, Marcone Amâncio, prenderam nesta terça-feira, 23 de fevereiro, por força de Mandado Judicial, segundo informações ele não estaria cumprindo com o determinado pela justiça.

Ricardo dos Santos já havia sido preso em 2011, e no ano de 2015 flagramos um perfil dele na rede social em que ele postava fotos de dentro da cadeia, e dias depois da matéria ele ganhou a liberdade.

A polícia Civil já estava a sua procura há meses, mas Ricardo sempre se escondia, até cair. Ele já se encontra detido novamente na mesma cadeia em que ele realizava as fotos.




************************

Detento da Paraíba mantém perfil em rede social atualizado constantemente.

Um detento residente em Remígio, conhecido por Ricardo dos Santos, mantém o seu perfil no Facebook atualizado direto da cadeia, as mais novas fotos foram a roupa do Sistema Penitenciário- SEAP, a divisão dos beliches com lençóis.
O detento em questão tem mais de 200 amigos e todos eles vem deixando mensagens para o mesmo, como se ele não estivesse preso.

Não é por menos que bandidos tem aplicado diversos golpes por telefone, já que pelas redes sociais conseguem obter dados importantes de suas vítimas, como laços de relacionamentos, quem é filho, onde trabalha, onde mora.

Enquanto a polícia fica tentando tirar a bandidagem das ruas, os bandidos mantém-se seguros dentro das cadeias aplicando seus golpes e ordenando que seus comparsas do lado de fora da cadeia execute seus planos.
Em conversa não oficial um Agente Penitenciário relatou que tem conhecimento de celulares dentro da cadeia e que até o poder judiciário sabe mais não liberou ainda a revista geral nas cadeias, este fato já perdura mais de três meses.

********************
Leia Mais ››

Técnico em Radiologia sofre acidente de moto após 24 horas de serviço. Vítima se dirigia para segunda jornada de trabalho em outra cidade.

Por volta das 07h30 desta quarta-feira (24/02) o técnico em radiologia do Hospital de Trauma em Campina Grande, morreu vítima de um acidente de moto na BR-104, em frente ao Parque de Exposições, no Ligeiro.
Maurízio Wagner Ferreira de Araújoestava numa moto e seguia no sentido Campina Grande/Queimadas e acabou tendo o veículo atingido por um caminhão pipa que seguia logo atrás.
O motorista do caminhão não prestou socorro e fugiu.
De acordo com o patrulheiro Cabral Júnior, da PRF, o condutor da moto forçou uma ultrapassagem em local que não podia vindo a ultrapassar o caminhão pipa, mas no sentido contrario vinha outro carro, com isso voltou rapidamente para sua faixa, mas devido aos sinalizadores no meio da pista perdeu o controle vindo a cair com a moto, o caminhão que vinha logo atrás não conseguiu frear a tempo e passou por cima de Wagner.

acidente aconteceu em um trecho que não é permitido transitar em alta velocidade.
Há dois quebra molas.
O rapaz estava indo trabalhar no Hospital de Queimadas após ter tirado um plantão de 24 horas no Hospital do Trauma de Campina Grande/PB
Ele morava no Bairro Liberdade.
Leia Mais ››

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Polícia civil prende "Dama do Tráfico" armada no terminal Rodoviário em Campina Grande/PB


A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, prendeu na noite de ontem, SIMONE LUANA CLAUDINO SANTOS, de 19 anos. A prisão se deu nas proximidades do antigo terminal rodoviário de Campina Grande, e com ela foram encontrados: mais de 6(seis) kg de maconha, crack, armas de fogo, e ainda DEZENAS DE COMPROVANTES DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS e agendas de contabilidade do tráfico.
Armada e perigosa, LUANA era conhecida em Pocinhos e nas cidades circunvizinhas, como a DAMA DO TRÁFICO, e comandava o esquema a serviço de seu companheiro, CASSIANO GALDINO OLIVEIRA, que se encontra preso no complexo do SERROTÃO.

A ação foi coordenada pelos Delegados Cristiano Santana e Lamartine Lacerda, e teve o apoio do GTE de Esperança.


COLETIVA NA SEGUNDA-FEIRA (DIA 22/02), ÀS 10HS, NA SEDE DA DRF-CG.

Leia Mais ››

Líder de quadrilha morre após confronto com a polícia no brejo da Paraíba


Vida Loka - Vida de Bandido


Na manhã desta sexta-feira (19/02), no Assentamento Manuel Joaquim, no Engenho Vaca Brava no município de Areia, no Brejo da Paraíba, uma operação envolvendo a  Policiais Civil, Grupo Tático Especial, Núcleo de Homicídios, com o apoio da Polícia Militar do 10º Batalhão de Polícia Militar, resultou após intensa troca de tiros na morte de dois integrantes do bando de Bacuri.

Segundo Agentes da Civil de Alagoa Nova e da Delegacia Seccional de Esperança, informações de populares deram conta do paradeiro de integrantes do bando que estariam escondidos em uma residência no Assentamento Manuel Joaquim.

Os delegados Jorge Luís e Henry Fábio, montaram uma operação que teve inicio as 3h:00min da madrugada de hoje e antes das 7h:00min foi concluída. Na casa havia três bandidos, que entraram em confronto com as policias, dois dele acabaram mortos, sendo: Tiago Sebastião da Silva, de 19 anos, morador de Alagoa Nova e José Adaílton Lúcio da Costa, 29 anos, conhecido como “Tana” ou “Bacuri”, morador do sítio Bacupari, também em Alagoa Nova.  Esse último que era apontado como o líder da quadrilha. Um terceiro bandido empreendeu fuga e as policias perderam o paradeiro, mas informaram que ele está ferido. Embora tivessem sido socorridos pela própria polícia e trazidos ao Hospital Municipal Sofia de Castro, não resistiram e vieram a óbito.



Com a morte de “Tana” ou “Bacuri”, o bando deverá se enfraquecer. Porém as investigações continuarão visto que muitos integrantes ainda estão à solta. Ao bando são atribuídos pelo menos quinze homicídios e a Bacupari oito mandados de prisão.

A quadrilha de “Tana ou Bacuri” há vários anos estava aterrorizando os municípios de Alagoa Nova, Areia, Remígio, Matinhas e São Sebastião de Lagoa de Roça. Atuavam com bastante violência e entre os crimes cometidos pela quadrilha estão, homicídios, roubos, assaltos, arrombamentos, espancamentos e porte ilegal de armas. 

Leia Mais ››

Polícia mata o terror da zona rural do Brejo paraibano após intensa troca de tiros.




Veio a óbito, 19 de fevereiro de 2016, após troca de tiros na cidade de Alagoa Nova, o foragido da justiça responsável por diversos roubos na zona rural de Alagoa Nova, Matinhas, Remígio, Areia e Esperança, o popular Tana, também conhecido por Bacuri, responsável também pelos crimes de estupros, torturas, pistolagem.

Neste exato momento policiais Civis e Militares se preparam para sair da cidade de Alagoa Nova com destino a cidade de Esperança.

As 11:00h será concedido entrevista coletiva na central da 12ª AISP-Esperança.

Após um trabalho árduo das equipes do GTE, Núcleo de Homicídios com apoio da P2 da PM após muitas incursos dentro do mato, conseguiram prender alguns membros, outros vieram a morrer em confronto nestes últimos meses, mas enfim o cabeça caiu e com isso foi provado que bandido que muito quer aparecer tem o sua vida de crime encurtado.

www.setimaregional.com.br / Tábua de Notícias
Leia Mais ››

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Dupla tenta assaltar policial na Paraíba e acabam alvejados a bala.

O cabo Wellington Silva, policial da CPTran em Campina Grande, reagiu a uma tentativa de assalto por volta das 12h50 desta segunda-feira (16/02), próximo ao IFPB, no Dinamérica, e baleou dois acusados, durante troca de tiros.

O albergado e mototaxista clandestino Rafael Antônio Nogueira de Queiróz foi ferido com um tiro na perna; e um infrator, de 16 anos, acabou atingido com um tiro na cabeça e um no peito.
O policial não foi ferido.

A arma usada pelos acusados, que moram no Bairro Monte Santo, foi roubada de um vigilante de um posto de gasolina no dia 05 de janeiro.

A moto Pop em poder da dupla estava com a placa adulterada com fita adesiva.
Além disso, recentemente o adolescente havia sido apreendido pelo próprio policial e uma guarnição.

Assim que foram feridos, o PM se encarregou de chamar o SAMU e guarnições de apoio.
No local onde ocorreu a captura o policial foi bastante festejado e evitou que os acusados fossem linchados.

O cabo, em contato com o www.renatodiniz.com disse que eles tinham acabado de realizar um assalto a um aluno. Eu vinha da casa de uma um familiar em direção a minha residência quando dei de cara com eles na moto. Só que até então eu não sabia de nada. O garupa já vinha me enquadrando e o piloto botando a moto para bater de frente com a minha. Eu não tive outra opção a não ser reagir, pois temi pela minha própria vida. O piloto foi baleado na perna e o garupa foi atingido na lateral da cabeça. Eu estou bem, graças a DEUS”.

O adolescente, que já tem uma larga folha de serviço prestada ao mundo do crime, encontra-se internado no Hospital de Trauma.
Leia Mais ››

Médica paraibana que provou a ligação entre Zika e Microcefalia sofreu reprovações por mais de 2 meses de colegas de profissão e secretarias de saúde.

Por João Thiago
Tambaú 247
Adriana Melo é médica de gestações de alto risco na maternidade pública de Campina Grande (Isea).
Não é pouca coisa, mas ela se destacou por outro motivo: foi a primeira a apresentar provas da relação entre o vírus da zika e os crescentes casos de microcefalia na região, em novembro de 2015.
Adriana levou um dia para achar uma solução para o enigma que intrigava as autoridades de saúde do Nordeste desde agosto, mas demorou quase dois meses para que conseguisse colocar em prática sua ideia.

Neste período, conta, conviveu com reprovações de companheiros de jaleco, foi tachada de arrogante e alarmista.
Ainda faltam mais pesquisas para comprovar qual a relação entre o vírus e a má-formação, mas, ao anunciar estado de emergência mundial em fevereiro, a OMS (Organização Mundial da Saúde) usou a descoberta de Adriana.
O alerta foi dado meses depois da primeira sexta-feira de outubro de 2015 e é aí que nossa história começa.
Naquele dia, ela atendeu na maternidade pública uma gestante que carregava um bebê com uma combinação inédita no cérebro: a microcefalia e o cerebelo atrofiado sugeriam doença genética, mas ambos apareciam juntos a calcificações na caixa craniana que indicavam infecção.
Para embaralhar mais ainda, havia excesso de líquido cefalorraquidiano (líquido do cérebro), o que deveria fazer a cabeça da criança aumentar de tamanho, e não diminuir.
Em sua clínica particular, também havia atendido, na mesma época, uma segunda mulher cujo bebê tinha má-formação parecida.
E na mesma sexta-feira, tinha recebido por WhatsApp uma nota técnica da Secretaria de Estado de Pernambuco, alertando para o aumento nos casos de microcefalia em mulheres que tiveram manchas vermelhas (sintoma de zika) nos primeiros meses de gravidez.
Intrigada, ela ligou para a primeira paciente e confirmou que a grávida teve as manchas vermelhas na oitava semana de gestação e a suspeita era de zika.
Adriana então passou a madrugada pesquisando em site de artigos médicos, mas encontrou só dez estudos sobre o vírus.
O sono perdido foi suficiente para descobrir que o zika estava vinculado à síndrome de Guillain-Barré.
A coisa foi se encaixando, e ela buscou a Secretaria Estadual de Saúde.
A Vigilância Epidemiológica retornou sua ligação e, segundo ela, nem deixou que se explicasse.
Ela disse que ouviu um sermão e um retumbante não.
A diretora-executiva da Vigilância de Saúde da Paraíba Renata Nóbrega disse aoUOL que o Estado deu a Adriana "todo o apoio que solicitou", que os casos informados foram para testes dentro das condições de volume que o Estado consegue atender, um procedimento padrão.
O Ministério da Saúde afirma que mesmo para testes de suspeitas, o protocolo oficial é passar por editais de institutos de pesquisas (e isso pode levar meses).
OBSESSÃO COM A ZIKA E MICROCEFALIA
O assunto virou uma obsessão para Adriana, e até sua família pediu que mudasse de assunto.
Mas ela mudou os destinatários do seu discurso.
Fez uma reunião com outros profissionais de saúde que atendem grávidas em Campina Grande e comunicou a suspeita a um amigo médico, que indicou uma conhecida na Fiocruz do Rio de Janeiro.
Adriana ligou e pediram para que escrevesse um e-mail.
Foi graças a ele que recebeu um telefonema em 5 de novembro, dia do seu aniversário.
Por duas horas, no meio da festa em comemoração aos seus 45 anos, elas conversaram sobre como mandar o líquido amniótico das pacientes para a Fiocruz, enquanto os convidados ficavam sem a anfitriã.
As amostras foram retiradas na clínica particular da médica e enviadas ao Rio (tudo custeado por ela).
Na semana seguinte, Adriana aproveitou um congresso em São Paulo para falar com uma das maiores autoridades do mundo em cérebro de bebê, o médico Gustavo Malinger, da Universidade de Tel Aviv. 
Ele viu as ultrassonografias no feriado da Proclamação da República, ficou surpreso e pediu para ver as mulheres.
Em 15 de novembro, as gestantes viajaram para cidade e foram examinadas, mas ele não chegou a nenhum resultado conclusivo.
No mesmo dia, um domingo, a médica soube que a Fiocruz faria um anúncio (tinham encontrado algo, mas era uma informação inédita que precisava de mais evidências, porque haveria questionamentos).
De volta à Paraíba, teve então um encontro com autoridades de saúde do Estado e novamente contou ter seus argumentos refutados.
Ao dizer que o protocolo do Ministério da Saúde estava errado por indicar a investigação de microcefalia somente após o nascimento do bebê, ela diz que escutou grosserias (coisas como "ponha-se no seu lugar" e "quem você pensa que é?")
Para ela, o serviço de saúde precisava diagnosticar o feto e prever quantos casos de má-formação iriam ocorrer para poder preparar uma estrutura. Tratava-se de uma doença de gestação.
Ela citou o exemplo de Juazeirinho, cidade de 18 mil habitantes que teve quatro casos e estava há seis meses sem larvicida.
Em dezembro, o Ministério da Saúde incluiu a medição do perímetro cefálico nas ultrassonografias de pré-natal e a notificação em casos de suspeita de microcefalia em fetos.
No dia 17 de novembro, a Fiocruz fez o anúncio: os líquidos amnióticos recolhidos por ela tinham restos do vírus da zika morto, o que comprovava que os filhos das duas mulheres tiveram contato com o vírus.
Adriana sabe que a associação da microcefalia com a zika ainda não foi totalmente entendida, mas diz que prefere dar a chance a milhões de mulheres no mundo de escolherem sobre suas gestações ou protegerem seus filhos.
Caso esteja errada, diz que irá pedir desculpas, mas que prefere o exagero à omissão.
Atualmente, o Ministério da Saúde investiga 3.670 casos suspeitos de microcefalia.
Cerca de 400 já foram confirmados e 700, descartados.
(João Thiago)
Leia Mais ››