Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2020

Homem é condenado a 10 anos de prisão por estuprar a filha na cidade de Areia/PB

Um homem foi condenado a dez anos e seis meses de prisão por estuprar a própria filha no município de Areia, no Brejo do estado. Conforme o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), a sentença foi publicada nesta terça-feira (28) e a pena deve ser cumprida em regime fechado.
Os abusos teriam acontecido entre os anos de 2017 e 2018, quando a vítima tinha 10 anos de idade. Conforme o relato da vítima à Justiça, os estupros aconteciam no período da noite, enquanto os moradores da casa onde eles moravam estavam dormindo.
A garota disse ainda que foi ameaçada pelo pai, que disse que ia matá-la se ela contasse sobre o caso para alguém. Os abusos foram denunciados ao Conselho Tutelar por moradores da região e levado para a Polícia Civil.
Quando viu uma viatura policial chegar até a casa dele, o homem tentou fugir para um matagal, mas foi detido. Ele confessou que estuprou a menina, mas disse que o abuso teria acontecido uma vez e não durante o período de um ano, como ela informou. Ele disse ainda …

Lei obriga reserva de assentos para crianças próximo aos seus responsáveis em viagens intermunicipais na PB

Uma lei estadual determina a obrigatoriedade de reserva de assentos próximos para crianças e seus responsáveis nos ônibus intermunicipais na Paraíba. A lei estadual 11.630 foi publicada no Diário Oficial do Estado da Paraíba (DOE) e já entrou em vigor.
Com a publicação da lei no DOE deste sábado, as empresas de transporte público intermunicipal têm o prazo de 90 dias para disponibilizar assentos, preferencialmente, lado a lado, para crianças e seus responsáveis.
Ainda de acordo com o DOE, o descumprimento punirá a empresa infratora de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Polícia prende dupla suspeita de cometer assaltos em Campina Grande

Imagem
A Polícia Militar prende uma dupla, suspeita de cometer diversos assaltos na noite dessa sexta-feira (24), na cidade de Campina Grade. Dois homens, que já tinham passagem pela polícia, foram presos em flagrante após roubarem dois carros e cometerem outros delitos em pelo menos cinco bairros.
Os suspeitos estavam em uma motocicleta roubada quando tomaram o primeiro veículo, um Chevrolet Classic, de sua proprietária, no bairro do Cruzeiro. Por ter sistema de segurança, o carro foi abandonado pela dupla logo em seguida. Eles continuaram as ações criminosas roubando o segundo carro, um Ford Ka, de um casal, no mesmo bairro.
Policiais da 2ª Companhia Especializada em Apoio com Motocicletas (2ª CEPMotos), que estavam atuando na região para localizar os suspeitos, interceptaram o veículo nas proximidades de um posto de combustível na região do Tambor.  
Tínhamos a informação de que eles cometeram outros assaltos a transeuntes, e estavam agindo com o carro roubado nos bairros Jardim Tavares, Ja…

Homem é assassinado com golpe de faca em Alagoinha/PB

Imagem
Na manhã deste sábado (25), um homem foi assassinado com um golpe de faca no peito, na cidade de Alagoinha, no Brejo paraibano. Romário Soares Medeiros [foto], 23 anos, teria tido um desentendimento com o suspeito do crime quando foi esfaqueado.
Ele tentou se esconder no quintal de uma residência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
O suspeito do crime fugiu.
A Polícia Militar isolou a área até a chegada da perícia.
O caso será investigado.

Ex-prefeito de Algodão de Jandaíra tem condenação mantida por improbidade

Imagem
JOÃO PESSOA – Os membros da Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), mantiveram, por unanimidade, sentença que condenou o ex-prefeito de Algodão de Jandaíra, Isac Rodrigo Alves (2005 – 2012), por ato de improbidade administrativa. Na decisão, o Juízo de 1º grau da Comarca de Remígio, suspendeu os direitos políticos pelo prazo de três anos, pagamento de multa civil, proibição de contratar com o poder público, receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário pelo prazo de três anos. O relator da Apelação Cível nº 0000512-63.2015.815.0551, é o desembargador, Marcos Cavalcanti de Albuquerque. O entendimento foi acompanhado pelos desembargadores Saulo Henriques de Sá e Benevides e Maria das Graças Morais Guedes. O Ministério Público Estadual ajuizou a Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, afirmando que o ex-gestor, no exercício financeiro de 201…

Publicações deletadas ou ocultadas

Devido as proibições do Google e seus patrocinadores tivemos que excluir todas as postagens para poder haver um controle do que era publicado. Quase todo mês recebíamos do Google advertências sobre o conteúdo publicado dentre vídeos e fotos. Quando houver material sensível será colocado em link externo para nossos leitores poderem ver o conteúdo.
E vamos tentar voltar a publicar o conteúdo que a sociedade quer mas os órgãos públicos dificultam a transparência.