quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Cobra pode ter iniciado a transmissão de coronavírus

A infecção de humanos por um novo tipo de coronavírus pode ter começado em cobras, sugere um estudo de pesquisadores chineses divulgado na quarta-feira, 22, no periódico científico Journal of Medical Virology. Diante da urgência em entender a origem e os modos de transmissão da doença, cientistas de quatro instituições chinesas analisaram o RNA do vírus e compararam os dados obtidos com características de outros coronavírus frequentemente achados em animais comuns no país asiático.

A suspeita de que a transmissão tenha sido iniciada por um animal contaminado é forte, pois os primeiros casos foram em trabalhadores e frequentadores de um mercado de peixes de Wuhan, na China, onde o surto começou. No mercado, são vendidos, além de pescados e frutos do mar, animais silvestres vivos, como coelhos, morcegos, sapos e cobras.

Os cientistas descobriram que, de todos os vírus de animais testados, o que tem maior similaridade com o novo coronavírus foi uma cepa encontrada em duas espécies de cobras muito comuns na China: a Bungarus multicinctus e a Naja atra, conhecida como cobra chinesa. Com isso, dizem os cientistas no artigo, as cobras são a origem mais provável do surto.

Eles descobriram ainda que o novo coronavírus surgiu a partir da combinação de outros dois tipos de vírus da mesma família. Um deles veio de um morcego. O outro é de origem desconhecida. Essa combinação pode ter tornado possível a transmissão para humanos

Segundo Celso Granato, infectologista especialista em virologia e diretor clínico do Grupo Fleury, a transmissão de vírus entre cobras e humanos é muito rara, mas entre morcegos e humanos é mais comum.

“O estudo mostra que o novo coronavírus tinha uma base de vírus de cobra e um pedaço de vírus de morcego. Só que esse pedaço de morcego é justamente o responsável pela transmissão. Esse vírus pode ter se tornado transmissível para humanos por causa da combinação.” Mas ele diz que, como a doença é recente e a transmissão de doenças entre cobras e humanos é rara, é preciso ter mais estudos para confirmar a hipótese.

“O que não fica claro é como ocorreu essa transmissão. Dificilmente foi por picada de cobra porque isso seria facilmente identificado. Pode ter sido pelo manuseio do animal ou pela ingestão da carne de cobra, não sabemos ainda”, diz Granato.

Segundo os cientistas chineses, a origem em cobras ajudaria a explicar por que a doença tem apresentado baixa letalidade e capacidade limitada de transmissão em humanos. “Cobras são répteis de sangue frio, com temperatura mais baixa do que os humanos. Consequentemente, o 2019-nCoV (novo coronavírus) provavelmente será atenuado após a infecção em humanos”, destacam os autores do artigo.

Eles ressaltam, porém, que o vírus pode sofrer adaptações após infectar humanos, o que pode mudar o cenário de baixa letalidade e transmissibilidade. As informações são do jornal 

O Estado de S. Paulo.
Leia Mais ››

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Homem é condenado a 10 anos de prisão por estuprar a filha na cidade de Areia/PB

Um homem foi condenado a dez anos e seis meses de prisão por estuprar a própria filha no município de Areia, no Brejo do estado. Conforme o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), a sentença foi publicada nesta terça-feira (28) e a pena deve ser cumprida em regime fechado.

Os abusos teriam acontecido entre os anos de 2017 e 2018, quando a vítima tinha 10 anos de idade. Conforme o relato da vítima à Justiça, os estupros aconteciam no período da noite, enquanto os moradores da casa onde eles moravam estavam dormindo.

A garota disse ainda que foi ameaçada pelo pai, que disse que ia matá-la se ela contasse sobre o caso para alguém. Os abusos foram denunciados ao Conselho Tutelar por moradores da região e levado para a Polícia Civil.

Quando viu uma viatura policial chegar até a casa dele, o homem tentou fugir para um matagal, mas foi detido. Ele confessou que estuprou a menina, mas disse que o abuso teria acontecido uma vez e não durante o período de um ano, como ela informou. Ele disse ainda que manteve a relação sexual com a filha porque ela pediu.

Por ter respondido o processo na prisão, a juíza Alessandra Varandas negou o direito do réu de responder pelo crime em liberdade. Ainda cabe recurso à decisão.

obs1:
Já que a vítima tinha 10 anos, logo:
Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos: (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)
Pena - reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos. (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)

§ 1o Incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas no caput com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência. (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)

obs.: Crimes que envolvam menores de idade correm em segredo de justiça para garantir a integridade dos mesmos.


Leia Mais ››

sábado, 25 de janeiro de 2020

Lei obriga reserva de assentos para crianças próximo aos seus responsáveis em viagens intermunicipais na PB

Uma lei estadual determina a obrigatoriedade de reserva de assentos próximos para crianças e seus responsáveis nos ônibus intermunicipais na Paraíba. A lei estadual 11.630 foi publicada no Diário Oficial do Estado da Paraíba (DOE) e já entrou em vigor.

Com a publicação da lei no DOE deste sábado, as empresas de transporte público intermunicipal têm o prazo de 90 dias para disponibilizar assentos, preferencialmente, lado a lado, para crianças e seus responsáveis.

Ainda de acordo com o DOE, o descumprimento punirá a empresa infratora de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC).
Leia Mais ››

Polícia prende dupla suspeita de cometer assaltos em Campina Grande


A Polícia Militar prende uma dupla, suspeita de cometer diversos assaltos na noite dessa sexta-feira (24), na cidade de Campina Grade. Dois homens, que já tinham passagem pela polícia, foram presos em flagrante após roubarem dois carros e cometerem outros delitos em pelo menos cinco bairros.

Os suspeitos estavam em uma motocicleta roubada quando tomaram o primeiro veículo, um Chevrolet Classic, de sua proprietária, no bairro do Cruzeiro. Por ter sistema de segurança, o carro foi abandonado pela dupla logo em seguida. Eles continuaram as ações criminosas roubando o segundo carro, um Ford Ka, de um casal, no mesmo bairro.

Policiais da 2ª Companhia Especializada em Apoio com Motocicletas (2ª CEPMotos), que estavam atuando na região para localizar os suspeitos, interceptaram o veículo nas proximidades de um posto de combustível na região do Tambor.  

Tínhamos a informação de que eles cometeram outros assaltos a transeuntes, e estavam agindo com o carro roubado nos bairros Jardim Tavares, Jardim Paulistano e Centro. Com o cerco policial montado, o veículo e os suspeitos foram encontrados, e com eles a PM apreendeu um revólver calibre 38 e munições, utilizado para cometer os crimes”, explicou o cabo R. Andrade, da Rotam da 2ª CEPMotos, que comandou a prisão.

Além dos dois veículos e da moto, os policiais recuperaram diversos objetos roubados, como carteiras, celulares, bolsas, cordões, óculos, entre outros. Pelo menos cinco vítimas já reconheceram a dupla como autora dos crimes, e tiveram seus objetos pessoais devolvidos.

Um dos suspeitos já havia sido preso por porte ilegal de arma de fogo, e o outro já havia sido apreendido quando era menor de idade, por ato infracional análogo a roubo.

Todo material recuperado, veículos, arma de fogo e suspeitos presos, foram encaminhados para a Central da Polícia Civil, no bairro do Catolé.
Leia Mais ››

Homem é assassinado com golpe de faca em Alagoinha/PB

Na manhã deste sábado (25), um homem foi assassinado com um golpe de faca no peito, na cidade de Alagoinha, no Brejo paraibano. Romário Soares Medeiros [foto], 23 anos, teria tido um desentendimento com o suspeito do crime quando foi esfaqueado.

Ele tentou se esconder no quintal de uma residência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O suspeito do crime fugiu.

A Polícia Militar isolou a área até a chegada da perícia.

O caso será investigado. 
Leia Mais ››

Ex-prefeito de Algodão de Jandaíra tem condenação mantida por improbidade

JOÃO PESSOA – Os membros da Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), mantiveram, por unanimidade, sentença que condenou o ex-prefeito de Algodão de Jandaíra, Isac Rodrigo Alves (2005 – 2012), por ato de improbidade administrativa.
Na decisão, o Juízo de 1º grau da Comarca de Remígio, suspendeu os direitos políticos pelo prazo de três anos, pagamento de multa civil, proibição de contratar com o poder público, receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário pelo prazo de três anos.
O relator da Apelação Cível nº 0000512-63.2015.815.0551, é o desembargador, Marcos Cavalcanti de Albuquerque.
O entendimento foi acompanhado pelos desembargadores Saulo Henriques de Sá e Benevides e Maria das Graças Morais Guedes.
O Ministério Público Estadual ajuizou a Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, afirmando que o ex-gestor, no exercício financeiro de 2010, teria firmado dois convênios junto ao Governo Federal (Programa Caminho da Escola), sob os números 655420 e 661518.
O primeiro no valor de R$ 196.515,00, com a finalidade de aquisição de um veículo automotor 0 Km para o transporte escolar, e o segundo, na quantia de R$ 105.563,70, para a aquisição de mobiliário para equipar as escolas da educação básica, sem que o promovido prestasse contas das verbas recebidas.
A defesa arguiu, preliminarmente, a inadequação da via eleita pelo Ministério Público estadual, por entender ser incabível a aplicação da Lei nº 8.429/92 a agentes políticos; cerceamento de defesa, incompetência da Justiça estadual; e da coisa julgada. No mérito, apontou que a sentença não fez referência a qualquer prova que evidenciasse o dolo na conduta do promovido de não prestar contas.
Afirma, também, que não existe, no bojo do processo, qualquer documento demonstrando prejuízo ao erário, enriquecimento ilícito ou ofensa aos princípios da administração pública, bem como, dolo na conduta do recorrente, pugnando, assim, pela integral reforma da sentença, ou, subsidiariamente, que sejam revisadas as sanções aplicadas.
O desembargador rejeitou todas as preliminares.
Quanto ao mérito, o relator disse que a sentença não merece reforma, uma vez que foi violado o artigo 11, caput, e inciso VI da Lei nº 8.429/92, especialmente, assim como restaram desobedecidos os princípios da legalidade, moralidade e imparcialidade.
O comportamento do promovido, consubstanciado na omissão de prestar contas quando esteja obrigado a fazê-lo, denota grave violação aos princípios da administração pública, notadamente a legalidade e a moralidade, merecendo reprimenda apta a atender ao princípio da proporcionalidade e aos fins sociais a que a Lei de Improbidade Administrativa se propõe”, ressalta o desembargador.
Desta decisão cabe recurso.
https://www.helenolima.com/ex-prefeito-de-algodao-de-jandaira-tem-condecao-mantida-por-improbidade/
Leia Mais ››

Publicações deletadas ou ocultadas

Devido as proibições do Google e seus patrocinadores tivemos que excluir todas as postagens para poder haver um controle do que era publicado. Quase todo mês recebíamos do Google advertências sobre o conteúdo publicado dentre vídeos e fotos. Quando houver material sensível será colocado em link externo para nossos leitores poderem ver o conteúdo.

E vamos tentar voltar a publicar o conteúdo que a sociedade quer mas os órgãos públicos dificultam a transparência.
Leia Mais ››